Social icons

das despedidas

06 janeiro 2018

O balanço de um ano atribulado... E a despedida a dois mil e dezassete. Estes primeiros dias de Janeiro serviram para organizar alguns assuntos pendentes, editar fotografias, preparar artigos bonitos para publicar e, entre as festas, o final do ano e o arranque do novo mês, só agora é que me consegui sentar, acalmar e começar. Vamos começar este ano relembrando o que passou; o bom e o mau. Mas especialmente o bom...

Há um ano atrás abraçava 2017 com toda a esperança e resoluções vincadas. Os sonhos estavam cá todos mas as condições e contradições fizeram dele um ano menos positivo e — definitivamente — pouco produtivo. Olhando para trás e fazendo um balanço geral, posso dizer que 2017 não foi um bom ano. Senti-me estagnada no trabalho, não produzi quase conteúdos nenhuns para o blog e até o meu perfil do instagram sofreu com a ausência. Perdi algumas pessoas... mas depois paro e penso que, afinal, ganhei outras! Desejosa que o ano terminasse, não podia ser egoísta ao ponto de ignorar todas as coisas boas que 2017 me trouxe.

E é isso mesmo que venho partilhar (e relembrar) convosco! Porque as partilhas querem-se assim: inspiradas e acarinhadas.


Durante os primeiros meses do ano — pelo menos até à mudança de casa — consegui manter um bom ritmo de publicações aqui no blog. Demos as boas-vindas a 2017 por aqui, partilhámos o diário dos nossos últimos dias de 2016 pelo Porto e mostrámo-vos o nosso airbnb, o almoço no Cantinho do Avillez, o passeio pelo Palácio da Bolsa, o almoço no DeGema, a leitaria e o bolhão, o brunch e o palácio de cristalo passeio no douro, a noite de ano novo e o video da nossa viagem à Invicta.

Depois, ainda em Janeiro, partilhámos as coisas bonitas que recebemos no Natal; um natal que se revelou muito especial, por ser o último na casa da Rua Costa Pinto. Podem rever o post por aqui.

E porque em Janeiro estávamos mesmo inspirados, escrevemos ainda sobre o brunch do Nicolau, sobre as 5 coisas que odeio num blog, sobre a MelJewel, o Santo Bagel, sobre o filme La La Land e fizemos o habitual balanço de final do mês, através do instagram.


Demos as boas-vindas a fevereiro com cinco juras de amor e partilhámos as nossas descobertas gastronómicas: mercantinafriendly flamingoheim café. Ainda em Fevereiro demos uma série de dicas e sugestões para o Dia dos Namorados, incrementámos o segmento de beleza aqui do blog (com o perfume amor amor e a rotina de cuidados), demos 5 dicas de blogging e celebrámos os 5 anos do blog.


Foi em Março que tudo se tornou mais complicado. Despedimo-nos da casa da Rua Costa Pinto e partilhámos convosco um post sentido e sincero sobre a nossa última noite em Paço de Arcos. Tentámos encontrar um lado sorridente na mudança e mostrámo-vos o quão bonita foi a festa dos 22 anos da minha irmã, já na nova casa, com a temática inspirada na Bela e o Monstro. Em Março também descobrimos alguns sítios catita em Lisboa, como foi o caso da Mercearia Saloia e Saudade Flores ou do La Mensa.


O ponto alto em abril foi o fim-de-semana maravilhoso no Luz Charmig Houses. Uma escapadinha a dois que acabou por se revelar muito especial, no Melhor Boutique Hotel, aclamado pelo World Boutique Hotel Awards. Fica em Fátima e reune uma série de pormenores que tornam a experiência inesquecivelmente mágica. Foi também aqui que me aventurei em fazer um pequeno video da experiência que me deixou muito orgulhosa!  

Em Abril partilhámos também o novo brunch do Santo Bagel e demos 5 receitas para receber os amigos em casa.


O melhor de Maio — e, no fim de contas, dos melhores momentos do ano — foi mesmo a viagem com a minha irmã a Barcelona. Fomos visitar a Matilde, que nos recebeu super bem e foi a melhor guia da cidade! E é claro que partilhámos tudo convosco aqui no blog: 

1. Sagrada Família, Fontes Luminosas &Tapas (aqui)
2. Parc de la Ciutadella, Brunch Flax&Kale, Gràcia & Casa Batlló (aqui)
3. Parc Güell, Barceloneta, Catedral & gordices boas (aqui)
4. Mercado, Cometa Café, Montjuïc, Bacoa Burgers, Bairro Gótico & mojitos (aqui)
5. Poblenou, Espai Joliu, Espacio 88, Print Workers Barcelona & Brunch Trópico  (aqui)
6. Dicas e sugestões (aqui)


Entretanto a nossa vida foi-se fazendo, aos poucos, de alguns momentos de indulgência. Entre a desorganização do trabalho e a falta de tempo, encontrávamos sempre uma maneira de conhecer sítios novos. E é sempre um prazer partilhá-los convosco: Bunker Burger & Beer, Moules & Beer e Ground Burger. Em junho ainda partilhámos os nossos Santos Populares e a antecipámos o primeiro festival de verão.


Julho ficou marcado pela inesperada viagem a Bucareste. Foi o ponto alto do meu ano, sem dúvida. Foi a minha primeira press trip, a convite da TAP e do Turismo da Roménia e foi um verdadeiro privilégio viajar com aquele grupo incrível. Conheci pessoas com percursos de vida fascinantes e deixei-me apaixonar (facilmente) por um país que, até então, nem figurava nos meus destinos de eleição. Agora já só penso em voltar... Para já podem rever as partilhas da viagem:

1. Voo inaugural TAP, a chegada a Bucareste e um rooftop maravilhoso (aqui)
2. O mercado, as ruas bonitas, os edifícios imponentes e o piquenique no parque (aqui)
3. As lojas mais giras, os melhores cafés e o passeio pela cidade (aqui)
4. Bike & Wine tour e um Jantar & Workshop (aqui)
5. 10 curiosidades sobre Bucareste (aqui)



Em Julho ainda partilhámos o Cais da Pedra, os finais de tarde com Gin Mare & Med Rooftops, o brunch do Topo e o Boa Bao

Já em Agosto... este ano voltámos a passar o mês inteiro no Algarve e as partilhas acabaram por ficar mais escassas. No fundo senti que devia desligar-me do computador e aproveitar ao máximo a praia bonita e o calor bom do sul. Ainda assim, Agosto é sempre marcado pelo meu aniversário e este ano não foi excepção. Por aqui partilhei 5 desejos depois dos 25.


Depois do verão o trabalho aqui no blog foi ficando cada vez menor. O tempo, a inércia, a falta de vontade, todas as mudanças pelas quais passámos começaram agora a ter um impacto significativo. Mas foi em setembro que partilhámos os postais do verão, que podem ver aqui: os dias em Tavira, o meu 26º aniversário e o jantar no Salmora Live Kitchen.

Também em Lisboa fizemos algumas boas descobertas, como foi o caso da Despensa Nº6 e do Dear Breakfast.


Outubro ficou marcado por dois momentos: a viagem a Madrid e o roubo do meu Iphone. A viagem a Madrid foi maravilhosa, incrível e inesquecível. O roubo do Iphone no regresso a casa foi destruidor. Não só porque tinha lá tudo — literalmente — como porque esse é uma das minhas ferramentas de trabalho mais importantes. Estive quase um mês sem telemóvel e a minha conta bancária ficou muito mais leve depois de mandar vir o novo. Demorei algum tempo a recompor-me e por isso a viagem acabou por não sair aqui no blog. Mas vamos tratar disso!

Ainda assim, durante o mês de Outubro, aqui pelo blog, partilhámos dois sítios muito doces: Wish Chiado e Brigadeirando.


O ponto alto de novembro foi a viagem que fiz à Madeira. Depois de 14 anos voltei à ilha. E, como há 14 anos atrás, fi-lo sozinha. Se no verão dos meus 12 anos voei até à Madeira para passar o verão com a prima Ana, agora voei para a ilha para visitar os tios no Funchal e perceber que, afinal, saber estar (e viajar) sozinha é uma das melhores coisas. Conheci dois hotéis maravilhosos e vivi experiências incríveis. É claro que partilharei tudo por aqui...não está esquecido!

Em Novembro, por aqui, partilhámos o jantar maravilhoso na Cantina Peruana, no Bairro do Avillez, o regresso ao Miss Jappa, um cafezinho em Lisboa e o novo livro Lagom.


Dezembro foi o mês mais esperado. Iria representar o fecho de um ciclo e o começo de um novo capítulo. Ou melhor, o começo de um novo livro (porque não?). Aqui no blog partilhámos algumas sugestões de presentes, sugestões de decoração, ideias para a mesa da consoada, a minha primeira vez a ver Star Wars e o novo filme e a descoberta do Bowls&Bar.

Dezembro vai também ficar marcado pelo primeiro Natal na casa nova e a primeira passagem de ano no Porto num grupo de mais de 20 pessoas — e tudo gente boa!

Estou muito entusiasmada com o novo ano e, apesar de sentir que 2017 foi um ano de merda porcaria, olhando para trás, não tenho como não estar grata por todas as oportunidades e experiências que ele me proporcionou.

A todos vocês, que ainda estão desse lado, como foi o vosso ano?


2 comentários

  1. Apesar de ter sido um ano complicado para ti e apesar da tua ausência sentida aqui no teu canto, não deixaste de trazer, quando podias, conteúdo de qualidade e isso é o mais importante!
    O meu ano foi um ano muito menos interessante que o teu, marcado essencialmente por alguns passeios por Lisboa e um acampamento nacional de escuteiros. Nada de grandioso mas que me deixou bem feliz!
    My Own Anatomy 💫

    ResponderEliminar
  2. Que fotos lindas. Espero que 2018 seja um ano em grande para ti!

    www.thelisasworld.com

    ResponderEliminar