Social icons

SANTO BAGEL

25 janeiro 2017

É Nova Iorque no Campo Pequeno. Ou pelo menos é assim que imagino. Uma casa de bagels super gira, com uma decoração descontraída mas cheia de pormenores bonitos, uma boa playlist e uns bagels de comer...e rezar por mais. No post de hoje trazemo-vos uma deliciosa sugestão para almoço em Lisboa.


Fica na Avenida Marques de Tomar, algures entre a Fundação Calouste Gulbenkian e a Avenida 5 de Outubro, bem pertinho da Elias Garcia. Na verdade não é preciso ser-se bom entendedor da geografia lisboeta para lá chegar. Basta procurar por Santo Bagel e todos os caminhos vão lá dar...





Um espaço (que não é muito grande mas é) acolhedor, com uma grande janela que emoldura a rua, um chão que é de sonho, as cores que não podiam ser mais perfeitas —preto, branco e amarelo — os candeeiros geométricos, as mesas de mármore e aqueles bagels, senhores!, aqueles bagels deliciosos.


Ouvimos dizer que o Santo Bagel costuma estar cheio de fiéis. Por isso acautelámo-nos, resolvemos deixar passar o horário da habitual pausa de almoço e chegámos lá por volta das 15h30. Estava exactamente como eu gosto: sem ninguém. Perfeito para fotografar, conseguem imaginar. Tínhamos aqueles espaço giríssimo só para nós e a atenção e simpatia da menina que lá estava para nos atender.




Demorámo-nos um pouco a decidir mas a escolha acabaria por ser imediata e muito previsível. Para mim o clássico Atlântida e para ele o New York Deli — a novidade do mês. Pedimos em menu (embora o Miguel tenha pedido um segundo, que é homem de alimento!) que contempla o bagel + acompanhamento + bebida.



O Atlântida é a fórmula clássica do bagel; com queijo creme, rúcula e salmão fumado, optei por pedir o meu bagel com sementes de papoila. Estava muito saboroso, muitíssimo bem recheado e o salmão era óptimo (fresco, saboroso, de qualidade). Já o New York Deli é também uma combinação vencedora de sabores; com pastrami (new york style), picles e mostarda. É assim uma espécie de treino para a viagem que se avizinha...


Optámos por acompanhar os nossos bagels com chips de batata e chips de vegetais, numa mistura que tinha cenoura, beterraba e mandioca. Esta misturinha era uma delícia, muito parecida com a que tinha experimentado em tempos, cá em casa, da Tyrrells. Contudo achámos que as batatas, apesar de serem boas, poderiam ser caseiras — dá sempre um outro gostinho, quando as batatas são caseiras.



Para terminar, dois cafés e um brigadeiro — para partilhar — que era tão, mas tão bom, que pedi mais dois para levar! Acreditem: se forem ao Santo Bagel têm mesmo que terminar a refeição com um brigadeiro de chocolate negro daqueles [...] apesar de terem cheesecake, brigadeiro de coco e bagels doces (com manteiga de amendoim ou nutella) não vão provar brigadeiro tão bom como aquele!


Cada menu ficou a cerca de 8€ e eu acho que ficamos muito bem servidos. Eu então fiquei mais do que satisfeita (até achei o bagel grande). Mas isso sou eu. O Miguel (que nem gosta muito de bagels *cof cof*) comeu o do menu dele e ainda pediu um outro igual, para repetir (creio que, fora do menu, o New York Deli fica a 6€). Uma experiência muito saborosa e que contamos repetir, em breve!

Santo Bagel
Avenida Marquês de Tomar 76C
De segunda a sábado
Das 10h às 19h

11 comentários

  1. Nunca estive no Santo Bagel, mas aqui em Londres há uma casa que vende bagels a 0.20£ e são deliciosos! Estas fotografias deram-me vontade de lá ir!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Joana!!!!! Bagels a 0,20£? Onde? :D que coisa boa!!

      Eliminar
  2. Muito muito muito obrigada por teres deixado aquele comentário. Os teus posts foram-me muito úteis. Obrigada! :)

    ResponderEliminar
  3. Parece delicioso. Mais um local para a lista =)

    ResponderEliminar
  4. Que fabuloso! Vai para a minha lista de locais a visitar :)

    thebrunettetofu.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Que maravilha! Arregalei os olhos só de olhar para estas fotos :)

    Beijinho *

    http://cristiana-tavares.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Sara só me desgraças, vou começar a trabalhar nessa rua no início do próximo mês e agora já não vai dar para não ir lá experimentar logo no primeiro dia! As fotos estão fantásticas :) *

    ResponderEliminar