Social icons

OH PORTO #5

08 janeiro 2017

A Leitaria, o mercado e as lojas bonitas da cidade. A partilha de hoje tem tanto de sugestão como de inspiração. Partilhamos convosco os melhores éclaires do Porto (e arredores!), levamo-vos a passear pelas ruas escondidas e lojas perdidas. Vamos relembrar as cores do mercado e fazemos uma pequena viagem no tempo através dos letreiros e sinais de antigamente. Falamos também de uma pop-up store que vocês têm mesmo que visitar este mês.




A manhã começou bem cedo. Isto de só conseguirmos ir ao Porto no final do ano tem muito que se lhe diga e nós só queremos aproveitar ao máximo aquela cidade. Passavam poucos minutos das oito. O sol brilhava timidamente e ainda não se mostrava pronto para aquecer aquele dia lindo de inverno. Se na manhã anterior tínhamos regressado ao Amarelo Torrada, hoje queríamos experimentar um sítio novo. E só tínhamos ouvido maravilhas desta Leitaria... 






Leitaria Quinta do Paço
e os melhores éclaires

Já tínhamos tentado conhecer este espaço na manhã anterior, mas a sala e esplanada estavam completamente ocupadas e acabámos por contornar a situação. Mas não desistimos e resolvemos ir um pouco mais cedo, tomar o petit dejeuner. Bem dito, bem feito. Por volta das 8h45, hora de abertura, o ambiente estava bastante calmo, com poucos clientes madrugadores. Conseguimos uma mesa agradável, junto à janela, e pedimos duas bebidas quentes e dois mini-éclaires para, finalmente, conseguirmos dizer que são dos melhores que já provámos! O nosso conselho? Vão cedo e vão com amigos, para pedirem vários sabores e experimentarem um pouquinho de cada!





Desta vez o privilégio de termos uns dias de sol incríveis, ao contrário do ano passado, permitiu-nos passear pela cidade de olhos postos no céu — e em todo o lado, para falar verdade. Absorver a essência da cidade, de cima a baixo, em toda a sua extensão. Adoro caminhar nas ruas estreitas e olhar para cima (por vezes não corre bem e há todo um trambolhão estrada fora mas...fora isso, adoro!). Acho que se existissem passeios pelas cidades em cima de um skate ou algo do género eu alinhava, só para ver a cidade de uma outra perspectiva!




Bem, no fundo aquilo que mais me fascinou desta vez foram mesmo as lojas antigas, com as fachadas de origem, em vidro e madeira, com as montras bonitas, repletas de peças de outrora. Inserem-se tão bem ao lado dos espaços mais modernos e contemporâneos que são a forma de expressão materializada de que o velho e novo resultam muito bem de mãos dadas — e que uma coisa não tem que vir substituir a outra. Tenho muito medo que esta vertente mais tradicional se perca, sobretudo em Lisboa e no Porto. Vamos esperar que não...




Para além das lojas antigas, houve uma outra coisa que me chamou a atenção, passo sim, passo não. Talvez um pouco influenciada pelo workshop que fiz com a dupla do Half Studio, de lettering e caligrafia, passear no Porto foi capturar todos os exemplos dessas técnicas. Então dei comigo fascinada com os letreiros luminosos, placas antigas e tudo isso. Acho mesmo que o Porto é riquíssimo neste tipo de materiais e só por isso já valia um ensaio fotográfico focado só nisso.



  

Mercado do Bolhão

Disseram-nos que o Bolhão ia entrar em obras em breve — e que essas obras iam durar bastante tempo, impossibilitando visitas futuras — por isso resolvemos passar por lá, só para dizer aquele adeus ternurento a um dos espaços mais castiços da cidade. Adoro mercados e este do Bolhão tem um cantinho muito especial no meu coração.

Ó!Galeria

Já a namorei por Lisboa e agora apaixonei-me pela do Porto. Ou melhor, gostava muito de ter visitado a Ó!Galeria da Rua Miguel Bombarda, ali tão pertinho do nosso apartamento da Cedofeita, mas [...] sempre que lá passámos encontrámo-la fechada. Ainda assim, através das grandes janelas, conseguimos espreitar um bocadinho para a loja e perceber que sim, da próxima vez que voltarmos ao Porto, vamos ter mesmo que entrar. Agora vou ver se consigo visitar a loja de Lisboa, que fica super perto do atelier da Joaninha!


  



Continuando nesta série de partilhas [...] se estiverem pelo Porto ou visitarem a cidade em breve, passem pelas Galerias Lumière e visitem a 8 x 8, uma pop up store que reune algumas das mais bonitas marcas de joalharia de autor. Nós fomos lá com especial carinho, atenção e cuidado para ver, ao vivo, as peças da Joana Santos, que é uma verdadeira artista e nos traz peças lindas, únicas e de uma sensibilidade inigualável. Os brincos que vos mostrei aqui ou aqui são dela — e são lindos!




Amanhã regressamos ao Porto, desta vez com uma sugestão de pequeno-almoço/brunch deliciosa. Curiosos? Para já, podem rever as publicações já feitas:

Porto #1 a chegada, o loft do airbnb e o miradouro da vitória
Porto #2 o cantinho do avillez
Porto #3 o palácio da bolsa
Porto #4 hamburgueria artesanal degema

1 comentário

  1. Eu já tava com muita vontade de regressar ao Porto, mas com estas tuas fotos quero regressar já amanhã hehe =)

    ResponderEliminar