Social icons

5 coisas que odeio

23 janeiro 2017

Num blog. E reparem, até pode ser um blog que eu amo de paixão, com óptimos conteúdos, fotografias incríveis e um layout lindo. Mas se encontrar uma destas cinco (daquilo que considero) falhas, o caso vai mal parado. Pois é; esta semana estreamo-nos em grande no blog...a falar de blogs.

1. Páginas

Estar num blog cuja página principal não vos permite navegar pelas páginas antigas. Ou seja, conseguem ver os artigos que constam na página principal (sejam 3, 5 ou 50) mas se quiserem recuar no tempo e ver, por exemplo, os artigos de há dois meses das duas uma: ou vão ao arquivo (se estiver disponível) ou têm que entrar num post e recuar um a um. Não há nada mais chato do que não conseguirmos visualizar os títulos mais antigos, para sabermos exactamente quais nos interessam.

2. Caixa de Pesquisa

Quase tão terrível como não conseguirmos navegar entre páginas é não existir uma caixa de pesquisa. Imagine-se: sei que um determinado blog é rico em conteúdos sobre Lisboa, por exemplo. Mas não existe um separador que reuna esses conteúdos, não existe nenhuma label específica e se não existir uma caixa de pesquisa onde possamos  escrever ‹Lisboa› só com um golpe de magia é que conseguimos encontrar o que queremos.

3. Alinhamento

Este tem que ser um sentimento partilhado, vá lá! Quem é que sente um formigueiro sempre que faz scroll down um post e há imagens grandes, imagens pequenas, imagens à esquerda, imagens à direita [...] um sem fim de opções. Esteticamente não é agradável, não é harmonioso. E é tão simples evitar esta situação. Basta que uniformizem a largura das imagens, para que fiquem enquadradas no corpo de texto. E não precisam de programas tão complexos como o Photoshop. Existe um que é perfeito (e gratuito!), onde podem uniformizar as imagens todas de uma vez, na largura que pretendem. 

4. Conteúdo

Para mim, a base de um blog tem que partir de uma motivação pessoal, de um gosto muito próprio em partilhar. Pode ser um blog de beleza mas é importante que quem o escreve se interesse, realmente, pelo tema. Pode ser um blog somente focado na tecnologia ou que apenas partilhe dicas de viagens. Até pode ser um blog generalista, que fale de tudo (e de nada), mas — para mim — o conteúdo terá que ser original, deverá promover um ponto de vista, ter personalidade. É por isso que detesto ver a mesma notícia, o mesmo produto ou o mesmo PR em todos os blogs. Sei que, por vezes, as marcas exigem certos timings mas há mil e uma maneiras de abordar um assunto, partilhar um produto ou comunicar uma novidade. Não concordam?

5. Blogs Zombies

Existem blogs com publicações diárias, outros com múltiplos posts por dia, há ainda outros que optam por publicar duas vezes por semana ou apenas uma vez por mês... Mas depois existem aqueles blogs zombiesSão blogs que começaram e recomeçaram, sempre a dar tudo, que até tinham imenso potencial e que, no auge do seu início, conquistaram seguidores e fidelizaram leitores. Mas de repente, sem motivo aparente e justificação prévia, sumiram. Deixaram de ter conteúdos. É como se tivessem morrido para este universo blogosférico. Até que, num belo dia, voltam à vida. Assim, como se nada fosse. Como se não tivessem passado 5 meses desde a última publicação. 

É importante lembrarmo-nos que, enquanto "bloggers", assumimos uma espécie de compromisso com quem nos lê e segue. Se temos uma plataforma que se quer pública e que está sempre sujeita à validação, opinião e acreditação por parte de alguém que nos lê, devemos pelo menos ter em consideração que, depois de uma ausência prolongada, os nossos leitores vão estranhar se voltarmos a escrever, como se nada fosse, como se eles não importassem, como se nós não quiséssemos saber. Não digo para esmiuçarmos a nossa privacidade nesta rede tecnológica mas acho que uma breve justificação, um "desculpem a ausência mas estamos de volta", qualquer coisa — sei lá — criava uma ligação muito mais próxima daqueles que realmente importam. Vocês!

agora digam-me...

Quais destes ódios partilham comigo? E no meu caso, no Little Tiny Pieces, o que gostariam de ver diferente e o que mudavam, se pudessem? Têm algumas dicas e sugestões para quem vier ler este artigo?

43 comentários

  1. Aconteceu-me exatamente o que escreveste no último ponto. Desapareci da blogsféra e quando decidi voltar já não fazia sentido continuar no mesmo blog, visto que estive ausente mais de ano e meio. Decidi então criar outro, que, no meu entender, era o mais correto.
    A seguir, já depois de ter voltado, fiz uma seleção de blogs do meu feed e para meu grande espanto, mais de metade deles já não escreviam há mais de um ano,tal e qual como me aconteceu, mas no caso destes, nem sequer eliminaram ou suspenderam o blog. Deixei de seguir, simplesmente. :/

    Bom post! :)

    Beijinho *

    http://cristiana-tavares.blogspot.com - BLOG NOVO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já tive momentos de quebra, em que deixei de escrever. O importante é fazermos sempre o que nos deixa feliz, implique ou não uma mudança :)

      Eliminar
    2. Ah! Eu também devo estar a precisar de fazer uma limpeza no meu blog feed!
      Um beijinho Cris*

      Eliminar
  2. Erros ortográficos. Frases mal construídas. Mais do que tudo o resto, acho que é isto que mais me faz 'comichão' (principalmente porque utilizo um reader e de forma geral o conteúdo sobrepõe-se ao resto - o que não quer dizer que não seja igualmente importante).
    Por outro lado, também eu tenho um espaço zombie. Um zombie pequenino, é verdade, porque nunca teve grande vida, mas com várias fases. A culpa? O tempo, que não chega para tudo.

    :)*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim também me deixam calafrios certas calinadas, mas às vezes ao reler os meus posts reparo com cada deslize que até me assusto comigo mesma! Acho que é por escrever à pressa e ao final do dia...eu rezo sempre para que acreditem que é do cansaço ou distração, porque eu creio que os erros graves são outro tipo de "erros", if you know what i mean!

      O tempo é mesmo tramado mas olha, eu só te posso agradecer por teres dedicado um tempo a escrever este comentário porque fez com que descobrisse uma receita incrível de bolachinhas :D

      Eliminar
  3. Além do que indicaste poderia adicionar a "confusão visual" de alguns blogs com fundos que se confundem com o conteúdo e demasiadas coisas a distrair. Para mim quanto mais "clean" melhor. Mas, o que acho mesmo mais feio, é os autores não responderem aos comentários. Sei que ninguém tem essa obrigação mas acho que fica sempre bem uma palavra de apreço. Bjs *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sandra, muito isso! Letras amarelas, fundos rosa, imagens, glitters... Sou como tu: simples e fácil de navegar :) em relação ao responder aos comentários eu própria sinto isso :( já tinha partilhado por aqui que queria "obrigar-me" a responder aos comentários que vou recebendo; não só dar resposta por aqui como comentar nos blogs de quem me deixa sempre uma palavra bonita de incentivo. Mas às vezes o tempo é tão curtinho para tudo [...] que acaba por falhar qualquer coisa. Hoje tirei o serão e vou tentar dedicar algum tempo a responder e visitar os blogs de quem passa por aqui :)

      Eliminar
  4. Concordo contigo em tudo Sara, especialmente nos primeiros dois pontos.:P

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquela "caixa de pesquisa" é elementar, meu caro Watson *hihihi* um beijinho minha querida!

      Eliminar
  5. Falar sobre blogs por aqui parece-me muito bem, Sara! É um assunto que também gosto de abordar pelo meu e não conheço muitos blogs portugueses que o façam trazendo conteúdo realmente útil.

    Talvez por ser uma pessoa muito visual, por muito bom que seja o conteúdo de um blog, é quase impossível cativar-me se não for bom visualmente - no layout e na qualidade das imagens (de preferência de autoria própria). Assim como blogs com um layout maravilhoso mas de escrita pobre.

    A questão de falta de alinhamento também é um 'pet-peeve' meu! :)


    Um beijinho,

    Sofia | Monochromatic Wave


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida Sofia, partilho muito dessa tua opinião! Nada me apraz mais do que entrar num blog 'arrumadinho' ao seu jeito, com imagens bonitas e alinhadas e conteúdos bem redigidos e personalizados.

      Um beijinho :)

      Eliminar
  6. Partilho contigo este assumido e inofensivo ódio pelas 5 coisas que enumeraste. O desalinhamento desalinha-me!

    r: Obrigada pela sugestão, Sara! :) Um grande beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um "ódiozinho inofensivo" — até ponderei na utilização da palavra "ódio", acho-a tão forte! Mas é isso: sinto-me desalinhada *ahaha*

      Um beijinho Inês*

      Eliminar
  7. Tenho no meu blog um post parecido a este mas definitivamente o teu complementa o meu. Mas desde em então continuo a odeiar as bloggers que recebem comentários e afins e não retribuem um comentário. Não que tenha essa obrigação, mas apenas fazer notar-se uma pessoa por detrás da máquina.

    Pf: espreita aqui http://ritissimavida.blogspot.pt/2016/05/5-coisas-que-nao-gosto-de-ver-nos-blogs.html e a Maria do Lovable Maria Blog pegou nele e decidiu comentar tb :)
    Beijinhoo
    RITISSIMA BLOG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ritinha, fui comentar o teu post — que adorei, por sinal — e agora vou espreitar o da Maria!

      Obrigada pelas tuas palavras e um grande beijinho*

      Eliminar
    2. Ahhh vês? O blog da Maria, pelo menos o principal, não tem caixa de pesquisa! Queria tanto uma para poder escrever "odeio" ou assim, para que aparecesse o dito post sobre "coisas que odeio num blog"!

      Eliminar
  8. Amen a este post Sara! Tudo aquilo que partilhas aqui são coisas que me irritam a mim também!

    ResponderEliminar
  9. concordo com cada ponto. o que não gosto também de ver em posts são imagens retiradas da internet sem qualidade nenhum e com um conteúdo 0 – algo que vejo repetidamente em bloggers agenciadas! a isso não lhe chamo de post, não tem qualidade, personalidade, não tem nada.

    gostei imenso do post! e que tal agora dicas para melhorar o blog? adorava saber o que tens para contar.

    beijinho,
    Moi by Inês

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na mouche, Inês. Isso também me tira do sério!! Dicas para melhorar o 'teu' blog ou o meu? :)

      Eliminar
  10. Olá, Sara

    Respondendo à primeira pergunta - não gosto quando um blogue tem um layout muito confuso, em não se percebe rapidamente qual foi o último post a ser publicado, por exemplo.

    Em relação à segunda questão, as tuas fotos são lindíssimas e, por isso mesmo, gostaria de vê-las só um pouuquinhoo maiores no Little Tiny Pieces :)

    Beijinho,
    Sónia Mota

    — http://www.stylecheck.org/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sonia, que querida! :) olha eu concordo contigo em relação à questão do layout confuso e em relação às fotografias do Little Tiny Pieces! Acho mesmo que vou seguir a tua sugestão e começar a publicá-las um pouquinho maiores! Obrigada pelo teu comentário*

      Eliminar
  11. Ao longo dos meus quase 7 anos de blogue já tive fases mais ausentes mas a maior foi entre 2015 e inicio de 2016 com um ano de paragem, até que um dia sem que nada o fizesse prever senti uma vontade louca de voltar a produzir conteúdo e regressei mas como foi uma paragem tão grande senti mesmo necessidade de dar uma justificação. De tudo o que descreves acima o que me provoca mais confusão é mesmo o conteúdo, sinceramente acho que há muita saturação do mesmo conteúdo e é das coisas que mais me incomodam entrar em n blogs e perceber que é tudo igual.

    Eu sei que às vezes não é fácil ser sempre criativo mas lembro-me de uma marca que tu e várias bloggers trabalharam a desperados e tu deste-lhe um toque tão bom com aquele jantar mexicano que tornaste tudo mais pessoal. Sim era mais facil tirares uma fotografia com a garrafa na mão mas seria igual a mil e é por isso que teu blogue acaba por ser uma lufada de ar fresco no meio de tantos blogues de lifestyle, porque tu realmente te preocupas em fazer diferente.

    Outra coisa que me irrita muitooooooo: excesso de banners. NÃO DÁ mesmo.


    Vânia
    Lolly Taste

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Vânia, obrigada pelas tuas palavras! Enchem-me o coração e saber que, no meio de tantas outras abordagens, a minha não foi mal interpretada! Assim que recebi o convite para colaborar com a Desperados imaginei logo um jantar temático — que foi o que acabou por acontecer :) muito obrigada mesmo pelo teu feedback, não podia ter ficado mais feliz!

      E eu sou igual a ti: se estivesse muito tempo sem publicar provavelmente também iria querer dar uma justificação a quem me vai seguindo por aqui!

      Um beijinho enorme*

      Eliminar
  12. Ora, como é que eu nunca me tinha apercebido da importância do arquivo? Que falha. Tudo o resto: bem verdade! A parte das fotografias é capaz de me tirar do sério. Isso, e o texto não justificado! Gosto muito do teu blog por isso, mostra o máximo de cuidado em cada detalhe.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo importante, pelo menos para mim, isso e as fotos, como bem disseste! Awww obrigada Catarina, fico de coração cheio *

      Eliminar
  13. Eu odiava quando não podemos utilizar o 2º botão do rato. Eu sei, eu sei que as pessoas têm medo de ser "copiadas". Mas para mim, navegar num blog bom (ou num site bom) é abrir 10 separadores de artigos e seções que interessam.

    Mas agora já sei que a roda do rato serve para o mesmo efeito.

    Rui Quinta, Rui de Viagem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui, tens toda a razão! Eu também odeio quando isso acontece e, aqui entre nós, não é porque o botão não funciona que as coisas más vão deixar de acontecer... Isso da roda do rato não sabia, por isso obrigada :)

      Eliminar
  14. Para mim o pior é mesmo o último! Nós, leitores, perdemos todo o interesse nesse blog que só existe de mês a mês.
    Beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso que sinto, Catarina :) um beijinho*

      Eliminar
  15. Odeio aqueles blogs que têm música automática... I can't mesmo! Além de distrair uma pessoa, na maioria das vezes é música que não gosto...
    Assim à primeira vista não tenho nada a apontar no teu blog, é excelente. A blogosfera precisa de mais blogs como o teu :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aiiiiiiii nem me tinha lembrado disso! Detesto — primeiro porque me assusto como tudo, depois porque (como tu) normalmente nem gosto da música.

      Awww obrigada pelas palavras tão queridas :) muito obrigada mesmo!

      Eliminar
  16. Tens toda a razão em todos os pontos. Mas a verdade é que este post poderia ter várias outras partes, não é? Desde os erros ortográficos, ao fazeres imensas perguntas e depois respondem-te num post teu, anos depois, e já nem te lembras do que perguntaste. Coisas deste género são uma pequena amostra. Achamos muito importantes que estas publicações sejam feitas para que a blogosfera fique melhor a cada dia que passa e não somente maior.
    O que mudaríamos no teu blogue? Nada. É dos nossos favoritos, para sermos sinceros... Bom, talvez mudássemos algo... Devias fazer uns 3 posts por dia para termos sempre mais e mais para ler :D :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá meninos :) é verdade, este é um tema com pano para mangas. E que sorriso enorme com que me deixaram agora, OBRIGADA *

      Eliminar
  17. Subscrevo! Além desses, exactamente o que já tem sido referido: erros ortográficos ou gramaticais compulsivos (compreendo que por vezes exista uma ou outra falha que nos escapa, o problema é quando é regra!), imagens retiradas da net sem qualidade e blogs com demasiada informação - sejam cores, publicidade, imagens, bonecos, enfim. Mas a publicidade é mesmo o que me irrita mais (aquela na lateral, não me recordo do nome), até porque por vezes é excessiva!

    Ana, Aonde (não) estou

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com tudo, Ana :) aqueles banners laterais que por vezes nem têm nada a ver com o conteúdo do site ou blog, não é? Tira-me do sério... Um beijinho*

      Eliminar
  18. Ai o alinhamento, dá cabo de mim, apetece-me chegar lá e meter tudo direitinho. As vezes acho-me um pouco zombie com o blogue, mas acho que é porque ainda estou a descobrir aquilo que realmente me motiva muito, fazer só por fazer, escrever só por escrever não é para mim.

    Beijinhos, Diana

    - MARGARITA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ser "zombie" por vezes faz parte — eu própria já passei por esse processo. Acho que é isso, um processo. Mas a questão é seguires um blog durante um ano, imagina. Depois o blog passa outro ano sem publicar nada, sem ser actualizado. E de repente, do nada, vem um post super random, sem contexto e como se nada fosse... Como se nós, leitores que apoiaram aquele blog à priori, não interessássemos para nada! Acho que é mais isso que me irrita!

      Um beijinho Diana*

      Eliminar
  19. Olá, Sara! Entrar num blogue que não seja visualmente apelativo (= desorganizado, confuso, demasiado cheio, com textos não alinhados, com fotos feias, mal dimensionadas e sem definição) deixa-me com uma sensação de desconforto que tenho muita dificuldade em ultrapassar para seguir como leitora. Um blogue é um canal, um espaço eminentemente visual e os aspectos visuais, para além do gosto de cada um, interferem muito, mas MUITO mesmo!, na forma como a mensagem é recebida. Quanto ao conteúdo, confesso que as coisas que mais me irritam são, sem dúvida, os erros ortográficos e um estilo de escrita que pareça claramente forçado, uma forma de comunicar que de genuina nada tenha e que é usada apenas porque se entende que assim se vai ter muitos leitores.

    Os melhores blogues têm uma marca própria, têm uma espécie de jeito de ser que os destaca e diferencia dos outros, têm uma graça que os distingue, abordam temas diferentes ou de forma diferente, são originais e revelam um autor criativo e estes são o segredo para os blogues que nos cativam, nos prendem, nos aproximam do seu autor e nos fazem voltar. Bom post, Sara!

    Quanto ao teu blogue, dizer que desde que o descobri, há já bastante tempo, nunca mais o perdi de vista e isso... não é obra do acaso! Parabéns! Beijinho

    Susana Dionísio
    http://asmanhasperfeitas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com tudo o que tudo, Susana! É isso tudo, mesmo. E muito obrigada pelas tuas palavras tão carinhosas — fico mesmo de coração cheio, nem imaginas! Obrigada por tudo :)

      Eliminar
  20. Ahah concordo com todos! Mas também me irrita blogs que eu gosto e que não têm uma caixa para subscrever - COMO O TEU!!!!! Porque muitas vezes eu gosto mesmo é de receber no email sempre que a pessoa que gosto de ler publica um post novo para ir estando atenta. No dia-a-dia, esqueço-me de ir diariamente aos blogs - a não ser àqueles que subscrevi para receber. Se tens, my bad, mas não encontro :P

    ResponderEliminar
  21. Concordo com quase todos os pontos mas diria que o único que realmente me faz desistir ou não de ler um blog é o conteúdo! Conteúdo é tudo, gosto de ler um blog em que fico a "conhecer" a pessoa que o escreve, os seus gostos e personalidade :) "Odeio" blogs cheios de passatempos e press releases sem personalidade ou conteúdo interessante ahah Beijinho

    ResponderEliminar
  22. Acho que disseste tudo aquilo que muitos de nós pensamos e nunca dizemos. De facto, colocando tudo assim por escrito, vemos que realmente há pequenas coisas que podem ser tão facilmente modificadas (ninguém precisa de ser designer) e que podem melhorar um blog/site de uma maneira estrondosa.
    Adoro os teus posts todos, Sarinha, mas estes são aqueles posts perfeitos para muitos de nós verem que há ainda tanto a mudar!

    ResponderEliminar