Social icons

OH 2016...

30 dezembro 2016

As memórias de um ano muito fugaz. Este ano ou passou a voar e mal nos deixou tempo para respirar, ou passou lenta, vagarosa e dolorosamente. Conseguem perceber este paradoxo? Foi um ano estranho. Não só por estes lados, numa escala micro, mas também numa perspectiva global; basta reler as principais notícias que o marcaram. Mas hoje vamo-nos focar no nosso ano, que para falar de tragédias já existem essas ditas notícias. Partilhamos convosco o balanço de 2016, os pontos altos e baixos, o que fizemos e o que deixamos por fazer...

das lembranças...

Bem, o balanço de 2015 foi feito por aqui e podemos ver que foi um ano intenso, com 4 viagens (Londres, São Miguel, Paris e Dublin), recheado de emoções e aventuras. 


Dois mil e dezasseis, começaste em grande, na melhor companhia e numa das minhas cidades preferidas — o Porto. Só podias começar assim. E começaste tão bem!


No regresso a Lisboa brindaste-nos com aquele pequeno-almoço na Choupana com a melhor amiga (e com aquela multa safada da EMEL, só assim para começar com o pé direito!). Levaste-nos muitas vezes ao LxFactory e por lá conhecemos o Wish Slow Coffee.


Entre passeios pela capital e dias solarengos, em Fevereiro levaste-nos a celebrar o Dia de São Valentim no Algarve, em Tavira — e foi perfeito.


Em Março celebrámos os 21 da mana, visitámos, com enorme entusiasmo, o Oceanário de Lisboa e comemorámos a última Páscoa na Casa da Rua Costa Pinto. Foi bonito. Foi inesquecível.


Foi também por altura da Páscoa, onde aproveitámos alguns dias de descanso, que passeámos por Lisboa, conhecemos o Restaurante Alma Chiado e voltámos a deslumbrar-nos pela Embaixada.


Em 2016 fomos turistas na nossa cidade e Lisboa recebeu-nos na Flores Guest House, numa das zonas mais bonita de todas, perto do Príncipe Real. E é uma experiência que queremos repetir para o ano; não há nada melhor do que olhar a nossa cidade com olhos de turista...


Mas para além de sermos turistas da nossa própria cidade, fomos ainda conhecer a cidade de nuetros hermanos, Madrid. Foi uma viagem inesperadas mas muito apaixonada. Abalámos os dois de carro, estrada fora, e relembrámos o porquê de gostarmos tanto da capital vizinha!


De regresso a Portugal, tivemos a oportunidade de conhecer um sítio incrível, que nos fez perder de amores por Minde, pela Serra de Aire e Candeeiros, pelo Retiro do Bosque — um local que deveria ser paragem obrigatória!


Foi também em 2016 que aceitei com imenso gosto o convite de dar um workshop na segunda edição do Bloggers Camp, desta vez em Lisboa.


Dávamos agora as boas-vindas ao verão, aos dias quentes e solarengos. Aproveitámos para passear mais e conhecer sítios novos ou revisitar os antigos. Adorámos descobrir o UAU em Alcântara e voltar ao Landeau — que tem o melhor bolo de chocolate do mundo!


Em Junho celebrámos os 25 dele e rumámos até ao sul, para conhecer o Ecorkhotel Resort, em Évora. Um sítio apaixonante e um fim-de-semana que vai ficar para sempre gravado na memória!


Este ano foi também o ano dos festivais de verão e tivemos a oportunidade de registar o Sumol Summer Fest, o NOS Alive, o Super Bock Super Rock e ainda o EDP Cool Jazz. Além disso, foi também o ano que deu a oportunidade dos amigos ganharem o Oeiras Band Sessions e tocarem no Alive! 


Eis que chegou os nossos tão aguardados dias pelo Algarve e, apesar de a nossa estadia ter sido mais curta este ano, foi um verão excepcional, com dias lindos, lindos e uma água quente e cristalina. Além disso, celebrámos a rigor a chegada dos meus vinte e cinco e posso dizer que foi um dos pontos altos de 2016! 


Regressados a Lisboa, ainda em Agosto, aproveitámos ao máximos estes dias na cidade, que estava agora muito mais calma do que o normal. Conhecemos o Santini de Belém, voltámos ao To B. e ainda passeamos pela Estufa Fria.


No final do mês aproveitámos os últimos cartuchos das férias e voltámos ao Algarve, desta vez os dois, para Tavira. Sempre Tavira. Querida Tavira. E é sempre tão bom! 


O regresso em Setembro fez-se esperançoso, cheio de sonhos e entusiasmo. Pelo blog partilhámos artigos um pouco mais pessoais e tiveram imenso sucesso, o que só nos pode deixar radiantes!


Setembro foi também o mês das melhores descobertas gastronómicas do ano. Conhecemos (e demos a conhecer!) o Nicolau Lisboa, provámos as especialidades do Miss Jappa, visitámos o Bairro do Avillez e fomos experimentar o melhor café de Lisboa, no Hello Kristof.


Outubro trouxe-nos mais um Passeio de Clássicos, a descoberta de um brunch delicioso na Leitaria Lisboa e a celebração dos 30 anos de casados dos meus pais — o meu maior orgulho!


Ja em Dezembro regressámos a Monsaraz, um dos sítios mais gostosos para nos evadirmos um pouco da rotina citadina e aquele que maior memórias me traz.


Os últimos dias foram passados entre presentes e embrulhos, mas houve tempo para criar um set de picnic de inverno para o novíssimo projecto L Manifesto, conhecer o Brunch do Ritz Lisboa, passearmos pela Baixa e celebrarmos o último Natal da Casa da Rua Costa Pinto.

das despedidas...

Overall, não podemos dizer que 2016 tenha sido um ano catastrófico. Não. Houve imensos marcos e datas importantes, como os 21 da mana, os nossos 25, os 30 de casados dos pais [...] houve ainda uma viagem inesperada a Madrid (que, embora tenha sido "caso isolado" valeu por todas e soube a ouro), houve imensos passeios-cá-dentro, aproveitámos ao máximo o verão, o Algarve, os festivais, dedicámo-nos bastante ao blog, trabalhámos com marcas incríveis e abraçámos projectos que nos encheram de orgulho.

Para mim, 2016 só tem um problema: ser seguido por 2017. E 2017 deixa-me nervosa, receosa, medrosa. Não o quero e se pudesse adiava-o mais um ano. Ou dois. Ou para sempre. O próximo ano traz consigo mudança. E ter que mudar de casa, desta casa e desta forma, parte-me o coração. Mas vamos tentar encarar esta mudança como se de uma nova vida se tratasse; uma vida diferente, melhor. Arranjar novos objectivos, rumos, estratégias. Encontrar outros portos de abrigo. Ir a Nova Iorque. Focar-me neste desejo. E tudo vai correr bem.

Até lá, acompanhem as nossas aventuras pelo instagram e partilhem tudo: como foi o vosso 2016?

8 comentários

  1. que fotografias tão tão bonitas. adorei*

    ResponderEliminar
  2. Que essa mudança traga coisas muito boas! Acredito sempre que mudar, apesar de por vezes não ser por nossa vontade, é sempre para trazer coisas melhores aos nossos dias!
    Que seja um ano em grande, especial e que supere todas as tuas expectativas :)
    E claro, não deixes de ir a NY!

    Beijinho no coração querida Sara*

    ResponderEliminar
  3. Que post mais delicioso e feliz Sara! És tão querida, genuína e simples! Foi em 2016 que descobri casualmente o teu instagram e comecei a seguir o teu blog. E que excelente acaso. Era nos dias de pouca inspiração que revia as tuas fotos no instagram e quando dava aquela preguiça de estudar… bem, ia lendo os teus post antigos para conforto. Sem arrependimentos de estudo ahaha
    Desejo-te um excelente excelente 2017 e desejo tudo de bom para ti e para a tua família : ) Espero que continues a fazer as maravilhas da blogosfera e a encher o instagram de fotos lindas! Bom ano e beijinhos : )
    Ana

    ResponderEliminar
  4. Bem, um ano em cheio! As tuas fotos são lindíssimas! Tiveste umas quantas experiências bem memoráveis. Não receies 2017, vai ser ótimo e mudanças são o que nos fazem crescer.

    O meu 2016? Está todo no blog, agora.

    Bom ano novo!

    beijinho,
    Moi by Inês

    ResponderEliminar
  5. E ler os teus pequenos passos e ver as tuas fotografias torna sempre o dia melhor :)
    Beijo amiga

    ResponderEliminar
  6. Se nunca to disse antes, digo agora: o teu blogue é o que mais me dá sorrisos no feed! Que este te traga ainda mais coisas boas, que é paea eu ter o meu feed bem gordo de alegria e inspiração :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  7. quantos acontecimentos legais e quanta foto bonita, não é mesmo?
    que 2017 seja cheio de bons momentos e muita alegria :)

    ResponderEliminar