Social icons

PIGMEU

12 novembro 2016

Em Campo de Ourique. Depois da hamburgueria, da croqueteria, peixaria, da petiscaria, empadaria, cevicheria, iorgurteria, leitaria e (vejam só!) até uma almondegaria...eis que nos chega uma porcaria. Sim, leram bem. Um espaço super giro que nos serve de tudo um pouco... desde que seja de tudo um porco. Curiosos?




Resolvemos conhecer um espaço novo e este Pigmeu pareceu-nos a escolha perfeita. Antes de tudo mais, porque nós somos grandes entusiastas de um bom pernil ou de uma boa sandes de leitão. É verdade, não há como negar. Escusado será dizer que este será um artigo impróprio para vegetarianos...


Era uma sexta-feira e andámos pelo Zomato à procura das novidades. Assim que encontrámos o Pigmeu saímos estrada fora em direcção a Campo de Ourique. Queríamos ir cedo pois, como não tínhamos reserva, temíamos já não encontrar mesa. E assim foi. Chegámos ao espaço ainda não eram 20h e estava tudo muito tranquilo, embora com uma outra mesa já ocupada. Sentámo-nos na mesinha junto à janela e deixámo-nos estar por lá, a observar.




O espaço, embora não muito grande, é aconchegado e bem decorado. Prima pela simplicidade, pelo ambiente intimista à média luz, pelos pequenos detalhes que o tornam muito engraçado. A própria imagem gráfica é jovem e bem descontraída, o que acaba por o tornar num sítio perfeito para juntar um pequeno grupo de amigos (um double date, quiçá?).



Depois de absorver toda a atmosfera do Pigmeu e de nos deixarmos seduzir pela carta, acabámos por pedir uma entrada para partilhar e um prato para cada um. Antes da entrada ainda petiscámos o que havia na mesa (pão de forno de lenha, tostinhas, patê de porco e manteiga de porco - 1€/pessoa). Para partilhar veio então o Ovo a 68 (com espargos verdes e presunto crocante - 4,50€) que era uma verdadeira delícia. Tudo cozinhado no ponto e com os temperos certos. Na mouche!



Eu acabei por optar por uma sandes de leitão desfiado, cozinhado lentamente por 12h a baixa temperatura (9€); conseguem imaginar a gostosura, não conseguem? Uma carne saborosa, suculenta, acompanhada com uma maionese de alho e batata doce frita que foi, de longe, das melhores que já provei! Já ele optou pelo leitão no prato, servido também com batata doce e uma salada com laranja que ligava na perfeição com o prato.




No Pigmeu de Campo de Ourique eles sabem o que fazem. Estava tudo deliciosamente bem temperado, com imenso sabor, texturas que interligavam na perfeição e o melhor leitão que poderão encontrar em Lisboa. Ficámos super curiosos com as restantes especialidades da casa e sei que voltaremos em breve. Para já, deixamos aqui esta sugestão para o vosso sábado. Quem sabe não será a escolha perfeita para o jantar de logo?


Pigmeu
Rua 4 da Infantaria 68
Segunda a Sábado
Das 12h às 24h

2 comentários

  1. Ai ai ai! Já enviei o link deste post ao marido com o título "livra-te de não me levar aqui"! Que boa pinta!

    Um beijinho dourado.

    ResponderEliminar