Social icons

¡HOLA MADRID! #7

05 junho 2016

Dicas & Sugestões. Como vos tinha dito no post anterior, nesta segunda parte das nossas dicas e sugestões mostramo-vos como planeámos a viagem, quais os sites que nos inspiraram, onde ir, o que ver e onde comer. Se ontem vos indicámos um sítio para ficar e falámos um pouco de Atocha, hoje compilamos uma série de coisas boas, em jeito de resumo, para vos ajudar na organização de uma viagem a Madrid.

p r e p a r a r


Já vos tinha dito por aqui que uma das colecções que mais gosto de fazer é de Guias de Viagem. Sempre que viajo, ainda que grande parte da minha pesquisa seja feita em sites ou blogs, gosto de guardar um guia da cidade. Este de Madrid já é de 2011, quando visitei pela primeira vez, mas continua muito actual. Podem encontrar em qualquer Fnac (aqui) ou semelhante.


Depois, à semelhança de Dublin, organizar aquilo que queremos visitar num mapa offline é precioso. Gosto de identificar os sítios com cores (vermelho: restaurantes; azul: rooftops; laranja: lojas; verde: jardins; castanho: museus; etc.) Facilita e muito a tarefa de organizar os dias de viagem.

Como a minha selecção acaba sempre por ter mil sítios para irmos experimentar, resolvi categorizá-los também (desculpem, mas adoro este processo de planeamento!!): sítios bons para pequeno-almoço; para almoço; jantar; beber um copo; etc. Claro está que, com apenas 5 dias de viagem, tivemos que ser [muito] selectivos.


v i a j a r


Apesar de termos espreitado o preço dos voos, compensou-nos mais ir de carro até Madrid. Fizemos as contas e vimos no ViaMichelin que de Lisboa a Madrid seriam umas 6h de viagem e custaria aproximadamente 80€ (ida e volta, já com gasóleo e portagens). 

E assim foi. No dia 12 de Maio, às 5h da manhã, a Sara e o Miguel abalaram estrada fora. Seis horas e muitas paragens depois, passava pouco do meio-dia e estávamos a estacionar em Madrid. A viagem fez-se muito bem, tranquila. As estradas são óptimas e o espanhóis são muito mais civilizados a conduzir — em autoestrada. 

Estacionar em Madrid é complicado!

Não é nada fácil, nem tão-pouco barato, avisamos desde já! Estacionar na rua é complicado; existem marcações coloridas na estrada e (como quem não sabe é como quem não vê) podem induzir em erro. Por exemplo, lembram-se deste post? Nós estacionámos na zona verde mas ficámos a saber que a zona verde é só para residentes. Só podemos estacionar na zona azul e em muitas áreas (as mais turísticas) o limite são 4h — o que equivale a quase 9€ de parque. Depois de terminadas as 4h temos que tirar o carro e estacioná-lo noutra zona (lá eles controlam as matrículas...).

Então onde podemos estacionar sem ir à falência?

Ou encontram um alojamento com estacionamento (o que no centro de Madrid é complicado) ou podem sempre estacionar nas garagens para o efeito. Encontrámos vários sites de parking low cost (fica a cerca de 8/10€ por dia) e achamos que vos podem dar muito jeito. Vejam este ou este


Contudo, como nós fomos no fim-de-semana de San Isidro, os parques estavam todos lotados e acabámos mesmo por estacionar junto à Bolsa de Madrid (é zona azul). Como aos sábados só se paga até às 15h, bastou-nos pôr duas horas de parque. Aos domingos e feriados não se paga parquímetro (yey!) e por isso pudemos deixar o carro lá tranquilamente, sem gastarmos fortunas em parque.


v i s i t a r


Centro de Arte Reina Sofía gratuito (estudantes e das 19h às 21h), 8€ (normal) site
Palácio Real de Madrid 5€ (estudantes), 10€ (normal) site
Real Basílica de San Francisco 2€ (estudantes), 3€ (normal) site
Palacio de Cibeles 2€ site
Museo Thyssen-Bornemisza 8€ (estudantes), 12€ (normal) site
Museo del Prado gratuito (estudantes e das 18h às 20h), 16€ (normal) site



Plaza Mayor | Passeo del Prado | Jardins de Sabatini | Puertas del Sol | Parque del Retiro | Palácio de Cristal


Mercado de San Antón | Mercado San Ildefonso | Mercado de la Cebada | Mercado de San Miguel


LaOnPottery (site) | DoDesign (site) | Torrons Vicens (site) | Feiras e Mercados de rua


Toma Cafe (site) | Federal Cafe (site) | Panaria (site) | The Little Big Cafe (site)


Teckel (site) | El Viajero (site) | Frida (site) | El Columpio (site)


El Corte Ingles Callao (site) | Jardin de Salvador (site) | Tartan Roof (site) | Terraza de Oscar (site)


100 Montaditos (site) | Museo del Jamón (site) | Taberna del Chato (site) | El Patio del Fisgón (site)


Mistura IceCream (site) | Crêperie La Rue (site) | Fabrica Maravillas (site) | Chocolateria San Ginés (site)

Curiosidades & Saudades

O que aprendemos: os espanhóis conduzem bem em estrada mas são muito agressivos na cidade.
Muito caro: os parquímetros e parques de estacionamento.
Coisas que não gostamos por lá: o café, água e os croquetes.
Coisas que adoramos por lá: a comida, a vida nocturna da rua, a alegria contagiante.
O que queremos: voltar. Rapidamente. 

E pronto. Este é o nosso roteiro de Madrid. Esperamos que tenham gostado desta despedida. Era para ter sido publicada no sábado mas algo maior se levantou: o Bloggers Camp 2016. Traremos novidades em breve. Para já, despedimo-nos com um suspiro e sorriso sincero de Madrid e desta viagem maravilhosa!

2 comentários

  1. Gostei muito do teu post e vou seguir o teu blog. É sempre bom ficarmos a conhecer coisas novas :)

    ResponderEliminar
  2. Estas dicas são mesmo muito fantásticas. Estamos a adorar e a tirar notas! :)

    ResponderEliminar