Social icons

Bloggers Camp

19 junho 2016

Second round. É verdade, já foi no início deste mês que tive o prazer de marcar presença na segunda edição do Bloggers Camp. Desta vez fui convidada para dar um workshop e é sobre isso — e sobre toda a experiência que tive nesse fim-de-semana — que vos gostaria de falar. E como vocês sabem que eu gosto de falar através de imagens, deliciem-se com estas que partilho.



Este artigo vai ser assim uma partilha em dose dupla. Primeiro, porque gostava de partilhar com vocês o workshop que me convidaram a dar, falar um pouquinho sobre o meu percurso enquanto designer e blogger. Depois, porque o espaço que nos recebeu no Bloggers Camp merece o seu destaque e, quem sabe, pode ser uma óptima sugestão para quem pensa visitar Lisboa, quer ficar no coração da cidade e não quer gastar muito.




O meu workshop iria ser no primeiro dia do evento, sábado. Infelizmente, esse dia coincidia também com o Open Day dos Nirvana Studios — e uma vez que o Miguel ia estar lá a vender a sua cerveja e os nossos amigos iam tocar no concurso do Oeiras Band Sessions (ficaram em primeiro luga *yey*) eu tinha que os ir apoiar. Por isso não consegui ficar lá o dia todo e a seguir ao meu workshop tive que me vir embora, com muita pena.



Falar para o público / Falar com o público

De qualquer das formas, estava muito entusiasmada com esta segunda edição do Bloggers Camp. A primeira edição tinha corrido tão bem e tinha sido tão divertida, que a fasquia estava elevada e as expectativas iam altas. Mas em paralelo com o meu entusiasmo estava também aquele nervoso miudinho, que nos deixa com as mãos frias e estômago inquieto. Nunca soube bem lidar com a pressão de falar para um público. O que é muito diferente de falar com o público; isso eu sou mestre. Adoro conviver e conhecer pessoas novas e sou, por norma, uma pessoa muito dada. Mas falar em público (oh boy) aterroriza-me.


Assim que cheguei ao hostel fui logo recebida pelas organizadoras, Catarina, Ana e Catarina — o trio maravilha. Estava a decorrer a assessoria de design e muitos dos bloggers presentes estavam entretidos em absorver todo o know how das organizadoras. Ainda assim, revi muitas caras amigas, que já tinha tido a oportunidade de conhecer da edição do ano passado e isso tranquilizou-me.




Workshop

Como usares o teu blog para potenciares a tua carreira?

Foi este o workshop que me designaram — e foi um desafio. Queriam que falasse um pouquinho do meu percurso, da minha história e foi isso que fiz. Tentei resumir um pouco estes 4 anos de Little Tiny Pieces of Me e explicar de que forma esta foi uma plataforma muito importante no meu percurso profissional.




Não é fácil conciliar todas as carreiras, profissões ou cursos com a actividade de blogger. Duvido que um médico cirurgião se queira promover ou partilhar fotografias do seu trabalho num blog (pode acontecer, eventualmente, é claro). Mas há sempre forma de conseguirmos retirar alguma coisa de boa (para além de tudo o resto) e lucrativa deste hobby. Por isso deixei algumas dicas para os novatos destas andanças e dei carta branca a que se iniciasse uma reflexão e discussão entre todos, o que acabou por ser divertido.



5 Dicas

Layout

ORGANIZADO E ESTRUTURADO // FÁCIL LEITURA E NAVEGAÇÃO // BOM LOGÓTIPO E BOA IMAGEM // CRIATIVO // RESPONSIVE

Conteúdo

ESQUEMATIZAR O CONTEÚDO // PUBLICAÇÕES REGULARES // TEXTOS HONESTOS // IMAGENS BONITAS E ENQUADRADAS // TER UM REGISTO PRÓPRIO

Interacção

RESPONDER AOS COMENTÁRIOS // COMENTAR OS BLOGS QUE GOSTAM // DAREM-SE A CONHECER

Promoção

EMAIL DO BLOG // FORMULÁRIO DE CONTACTO // CARTÃO DE VISITA // CONTACTAR MARCAS/AGÊNCIAS // MEDIA KIT DO BLOG

Selecção

DE CONTEÚDOS // DE MARCAS // DE PROPOSTAS DE OFERTAS



Eu penso que um blog bonito, cuidado e com personalidade pode ser uma ferramenta muito útil na autopromoção, mesmo que isso vos leve por caminhos distantes da vossa profissão. Deve ser encarado com um prazer, um escape à rotina e deverá ser o espelho da vossa alma — se é que me faço entender. O crescimento do blog é um processo natural e está em tudo relacionado com o vosso próprio crescimento. Se for feito com gosto então certamente que vos levará longe. Seja lá onde for esse "longe". 




Lisb'On Hostel

No domingo voltei ao evento, agora mais tranquila e descansada. Estava muito curiosa com o workshop da Diana que iria falar sobre fotografia e flat lays. Tudo o que eu adoro, já se sabe. Por isso, foi neste segundo dia de Bloggers Camp que pude explorar um bocadinho mais (e melhor) este espaço maravilhoso que é o Lisb'On Hostel.



Fiquei maravilhada com este espaço e eu, que nem sou nada dada a hostels (e tudo o que envolva casas-de-banho partilhadas) fiquei com vontade de ficar aqui. Para sempre. Ora, basta-vos ver as fotografias que vão ilustrando este post para perceber, certo? A casa está muitíssimo bem recuperada e o edifício é lindo. Fica localizado numa rua íngreme perto da Ribeira e tem uma vista absolutamente fascinante.



Este espaço tem várias áreas comuns e todas elas são deliciosas. Um pé direito enorme, grandes janelas, muita luz natural. Tectos maravilhosos, paredes trabalhadas e uma decoração imprevisivelmente bem pensada; peças antigas com objectos modernos, numa sinfonia perfeita entre o passado da casa e os jovens do presente que a habitam.



Para além da sala de estar, os hóspedes têm ainda uma zona de apoio ao bar com mesa de bilhar. Existem também uma cozinha grande e moderna, toda equipada, para uso dos hóspedes. Uma sala de refeições muito bonita, com várias mesas e uma mesa de matraquilhos e uma varanda perfeita para apanhar sol e ver a vista. Uma vista linda, da parte de cima do Mercado da Ribeira, como nunca a tinha visto.




Os quartos — que não cheguei a visitar — têm todos nomes de fadistas e podem encontrar várias tipologias de acomodação (quarto duplo ou camarata). As casas-de-banho são das Marias ou dos Manéis, para não haver confusão e todo o ambiente que se vive é jovem e descontraído. Os preços vão desde os 15€ (cama em dormitório de 10) até aos 72€ (suite para duas pessoas), todos com pequeno-almoço incluído.

E é isto!

Espero que tenham gostado da partilha, que se tenham sentido inspirados pelas dicas que vos dei e que ponderem a ideia de visitar este Lisb'On Hostel. Acima de tudo, espero que acompanhem — doravante — as novidades do Bloggers Camp, pois parece-me que não ficarão por aqui.

9 comentários

  1. Não me importava de ter estado presente num evento desses...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. Estava cheia de vontade de ir a este Blogger's Camp mas os exames meteram-se pelo meio. Mas o local parece, pelas fotografias que tenho vindo a ver, incrível e concordo contigo: apetece ficar a viver lá para sempre. Essas paredes davam cenários incríveis!

    Giveaway de um colar de 2 camadas com a Born Pretty ♥

    ResponderEliminar
  3. Percebo tão bem essa diferença de falar para/com o público! Sou super sociável mas se me colocam perante uma plateia fico nervosa e pareço outra pessoa.
    Sara, tenho de te dizer, adorei o teu workshop! Conhecer o teu percurso com o blog e como isso desencadeou trabalhos foi completamente revelador para mim. Fez-me perspectivar as coisas de forma diferente! Tinha uma ridícula ideia de que, se a profissão não é 100% conciliável, é impossível conseguir algo através da plataforma. E de repente chegas tu e provas-me que, se partilharmos conteúdo de qualidade, muitas portas se podem abrir - mesmo que não relacionadas com a nossa profissão! Quanto às dicas, foram essenciais. Desde o Media Kit (de que nunca tinha ouvido falar) a toda aquela situação que partilhaste sobre o teu leitor insatisfeito, que não encontrava o conteúdo que pretendia em dias concretos. Fizeste-me perceber a extrema importância de esquematizar as partilhas - algo que não fazia e, sem dúvida, começarei a fazer.
    Beijinhos e obrigada pelo fantástico workshop :)

    ResponderEliminar
  4. Este post foi extraordinário! As fotografias estão todas lindas e adorei ler sobre a tua experiência no bloggers camp - e todas as dicas que partilhaste foram também super úteis!
    Grande beijinho,
    Madalena

    www.maadalenaaa.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Já desde a primeira edição, fiquei com muita vontade de ir ao Bloggers Camp. Talvez para o ano.
    Este post, sobretudo o resumo que fizeste do teu workshop, é muito útil. Eu trabalho com branding, marketing digital e blogging empresarial e concordo com tudo o que disseste. Nós próprios, o nosso blog pessoal e tudo o que fazemos na internet tem que ser levado como se de uma marca se tratasse.

    Excelente post e fotografias lindas!

    Algo Estranho Acontece

    ResponderEliminar
  6. Sara, tenho que te dizer: é mesmo inspirador ouvir-te falar! E se a minha área não tem naaaaaaada a haver com o blog, também é verdade que me deixaste a pensar se poderia usá-lo de alguma forma. A ver vamos! Gostei de te rever - e mais uma vez, adorei os teus clicks!

    Jiji

    ResponderEliminar
  7. Parece ter sido uma óptima experiência! E o teu workshop também parece ter sido muito interessante e útil :)

    | i n d e c i s a

    ResponderEliminar
  8. Dá mesmo muita vontade de ir, mas para nós custa sempre um pouco mais por sermos dois... Ainda não perdemos a esperança! ahah
    As tuas fotografias estão excepcionais! :D

    ResponderEliminar