Social icons

Amigos & Petiscos

18 junho 2016

E toda uma selecção para apoiar. Quem me conhece sabe que não ligo a futebol. Simplesmente, não me interessa. Mas quando em jogo está a nossa Selecção, ergue-se todo um sentimento patriótico cá em casa e em dia de jogo — sagrado como o destino — estamos todos juntos a ver Portugal jogar. É isto ou então somos nós a desencantar mais um (bom) motivo para reunir os amigos à volta de uma mesa cheia de petiscos. Daqueles mesmo bons. E hoje trazemo-vos algumas ideias de bons petiscos. 



No jogo da passada terça-feira improvisámos uns petiscos de última hora — isto porque, para vos ser franca, nem nos lembrávamos que Portugal jogava nesse dia. A verdade é que conseguimos fazer uma petiscada com apenas algumas coisas que já tínhamos em casa. E o resultado foi maravilhoso. Nós adorámos e é por isso que queremos partilhar com vocês algumas sugestões. Quem sabe não vos inspirem para logo?


Daura Damm

A primeira — e principal — sugestão da partilha de hoje é a descoberta de uma cerveja sem glúten. E porquê sem glúten, perguntam vocês? Porque recentemente, a minha mãe descobriu que é intolerante a uma série de coisas, incluíndo o glúten. Como eu tinha que sair a alguém, a minha mãe também adora cerveja e ficou desolada quando pensou que não poderia brindar mais com uma "jola". Eis que a chegada desta Daura Damm foi uma maravilha e foi assim que brindámos ao primeiro (e único *ohhh*) golo de Portugal na terça-feira passada.


Mas porque nem só de brindes vive uma audiência entusiasta, eis alguns petiscos que não faltaram na mesa. À cerveja gelada juntaram-se os tremoços e amendoins (um clássico em dias de jogo). Depois compôs-se um banquete com duas ou três coisas que tínhamos cá por casa. 

Umas deliciosas tapas com compota de mirtilo, paio fumado e manjericão e umas frescas espetadas de mozzarella, tomate cherry e azeitonas.




Compota de Mirtilo & Paio fumado?

Sim. E é delicioso. Foi uma adaptação de umas tapas que experimentei no lançamento do Compal Cereja do Fundão. Lá serviram, em pequenas porções, uma tosta com compota de cereja, presunto e manjericão. A combinação de texturas (o crocante da bolacha, o fresco do doce e o macio do presunto), bem como a mistura de sabores (doce, salgado) ficou tão bem que sempre disse que teria que repetir. Como desta vez não tínhamos nem compota de cereja nem presunto, usei mesmo a "prata da casa"; mirtilo e paio fumado. Embora não fique tãoooo bom, é igualmente delicioso e foi um sucesso.


Logo há jogo. Por isso haverá também uma reunião entre amigos e família em torno da televisão, certamente acompanhada com uma petiscada. Os petiscos de logo? Ainda não sabemos. Mas esperamos que estes vos façam, pelo menos, ir investigar o que têm perdido aí por casa e estimular a vossa veia de "mini-chef". Em todo o caso, ficam sempre com estas sugestões deliciosas, para experimentar mais logo. E força Portugal!

1 comentário

  1. Eu sou tal e qual. Também não ligo a futebol, mas quando a seleção joga, adoro ver. :)

    ResponderEliminar