Social icons

comprar ou adaptar?

15 março 2016

Sobre as peças it da estação. Em todas as estações há uma tendência que se destaca das outras e invade as montras da cidade. Todas as colecções apresentam uma peça, um material, um corte ou um detalhe que data essa estação. A moda das tachas (tachas em todo o lado), das franjas (franjas em tudo e mais alguma coisa), do tartan (tartan até na roupa interior!), mais recentemente a moda dos lenços e bandanas (ainda muito em voga). Agora chega-nos uma corrente revivalista, que lembram os early 90's e parece que veio para ficar. Patch (ou a moda dos remendos cool) é a tendência deste verão. A questão agora é: comprar ou adaptar?

Zara (59,95€), Stradivarius (59,95€)

Não sou, por norma, uma rapariga que invista em peças statement de uma dada colecção. Não comprei aquelas botas cheias de tachas, não investi balúrdios nos blusões cheios de franjas e tão pouco acho que vou gastar 60€ num blusão (como este, da Zara) cheio de patchs — por muito que me agrade a tendência.

Stradivarius (59,95€)

Tenho um registo mais minimalista e dêem-me camisas e t-shirts brancas ou às riscas e fico feliz. Mas, sempre que posso, gosto de costumizar algumas peças e enquadrá-las nas tendências actuais.

Zara (59,95€)

Para este verão avizinham-se quatro fortes tendências: as bandanas, que continuam em força, os bombers , mom jeans (e muita ganga, no geral) e as peças cheias de patchs e bordados coloridos.


A moda dos bombers parece-me uma boa aposta. Apesar de não ter nenhum, vejo-me perfeitamente a comprar um (que seja simples, sem padrões, para não me comprometer mais tarde) e este aqui da Stradivarius é perfeito. 

As bandanas e as mom jeans são muito fáceis de adaptar sem gastar muito dinheiro. 


Em pequena tinha imensos lenços do género mas já foi há tanto tempo que tive que comprar uns novos (na Primark comprei um pack de dois, vermelho e azul, por 2.50€). Quanto ao modelo de jeans tão cobiçado, bem [...] estou certa que a vossa mãe ainda tem um par guardado? A minha tem e servem-me na perfeição. Mas se quiserem podem sempre espreitar este modelo da Pull&Bear.

Quando aos acessórios e adornos (patches e pins) escusam de ir a correr gastar dinheiro em peças que, provavelmente, não estarão tão actuais na próxima estação. 

A moda é cíclica e devemos por isso saber (re)aproveitar para improvisar.


Podem sempre personalizar blusões de ganga antigos, casacos (tenho um da Primark antigo que me custou 11€ na altura e será a peça perfeita), malas, t-shirts, o que quiserem. Para isso têm alguns acessórios à venda para porem a imaginação à prova, sem gastar muito dinheiro.

 Stradivarius (a partir de 4,95€)


Agora digam-me: também sou como eu ou não se importam de apostar e comprar as peças it do momento?

8 comentários

  1. Ahh os bombers adoro! Tenho um que comprei no ano passado que dá para usar dos dois lados, onde tem um lado estampado com flores e o outro liso, o que é ótimo! Confesso que para esta estação, é a única peça que me encanta, mas sem aplicações, o mais simples possível.

    Obrigada pelas sugestões lindona! Beijinhos!

    ResponderEliminar
  2. aposto quando são acessíveis e sei que vou usar bastante.

    beijinho,
    Moi—byInês

    ResponderEliminar
  3. Não sou nada de seguir tendências. Primeiro porque me tira do sério andar igual a todas as miúdas, é algo que me incomoda mesmo. Segundo, não tenho espaço sequer no roupeiro para as constantes mudanças das tendências. haha Sou muito mais simples e básica na forma de vestir

    ResponderEliminar
  4. Adaptar uma casaca de ganga com patches e pins é giro para variar um look e de seguida, voltar ao normal!
    Ritissima Blog>> Participa no Giveaway a decorrer no Blog>

    ResponderEliminar
  5. Sou apologista do reciclar! E impressionante que as midas voltam sempre. Há uns 3 anos comprei umas botas novas com franjas na feira da ladra e a malta olhava pra mim meio de lado até que foi moda o ano passado e assim já estava bem. O mesmo com as unhas pintadas de diferentes cores, já o faço há uns dez anos e só quando foi moda foi aceite. Parece que temos de mudar um pouco essa ideia da moda e fazermos a nossa própria moda, o nosso estilo individual que tanto nos identifica sem labels de gótica ou hippie ou outra label qualquer.

    ResponderEliminar
  6. Não sigo modas, compro o que gosto e o que acho que me fica bem. Bandanas e bomber jackets são as tendências que mais gosto.

    Beijinho ♡
    Rute (Made in the 90's)

    ResponderEliminar
  7. Sou um bocadinho assim como tu; reciclo. Herdei um colete de ganga do meu padrinho e há uns anos e só o usei uma vez. Estas tendências dão vontade de olhar para ele com outros olhos, deixa-me que te diga.
    Também me perco de amores pelas bandanas e pelos vistos tenho de dar um pulinho à Primark porque não tenho nenhuma.
    Beijinhos, Sara.

    Catarina

    ResponderEliminar
  8. Sinceramente acho bastante interessante reutilizar peças que outrora não usávamos é uma forma de poupar algum e fica giro, adoro, mas não tenho grande jeito, confesso que gostava de ter.

    Bom domingo :)

    ResponderEliminar