Social icons

Oh, Porto #7

10 janeiro 2016

Adeus Porto & adeus 2015. Hoje partilhamos convosco os últimos detalhes, do nosso último dia no Porto e último do ano que terminou. Depois de vos mostrarmos o apartamento que foi a nossa casa durante três dias, a Maria Bôla, o Amarelo Torrada, o passeio às caves e o almoço no Munchie, depois de partilharmos o lanche maravilhoso na Miss Pavlova, o passeio pelo Mercado do Bolhão e o delicioso brunch Oficina Café Criativo, chega agora a altura de dizer um adeus definitivo a 2015.

Vejam os últimos registos desta cidade linda, através do nosso olhar.







O Porto também é assim, como Lisboa — e acredito que como qualquer outra cidade bonita. Há sempre qualquer coisa de novo. Descobrimos sempre um pormenor, uma janela, um padrão, um canto ou recanto e parece-nos sempre que é a primeira vez que o visitamos. Gosto de voltar ao Porto e sentir que ainda tenho tanto para descobrir (...) e tenho mesmo.





   

Mas também gosto de voltar ao Porto e regressar aos sítios onde fomos felizes. Recordar e reviver. As memórias, as delícias, as histórias. Por isso, neste último dia do ano de 2015, regressámos à Ribeira, para ver o cair da tarde. E voltámos àquela Mercearia que nos recebe tão bem, todos os anos: a Mercearia das Flores.




Já tínhamos falado deste espaço aqui e aqui. Na nossa terceira visita à Invicta tínhamos que matar saudades e fomos lanchar à Mercearia das Flores. Fica situada na minha rua favorita da cidade e tem a melhor tarte de limão merengada. Quer dizer [...] tinha. Pelo menos desta vez não a encontrámos por lá e parece-me que já não a fazem. Por isso, senhores por trás da Mercearia das Flores, se estiverem a ler este artigo — por favor — reponham a vossa tarte que era a melhor do mundo!





No entanto, a tarte de lima era uma delícia e o brownie era também muito gostoso. Serviram para apaziguar a saudade deste cantinho da cidade. Este lanche teve um gostinho ainda mais especial pois foi partilhado com um outro casal amigo, que estava pela primeira vez na cidade e foi óptimo poder partilhar com eles alguns sítios que adoramos.





Quisemos passear um pouco pela cidade, agora de noite. Ver as luzes da rua, o espírito de Natal que se recusava a terminar, a azáfama do trânsito, o movimento das pessoas. Gostamos (gosto eu, sobretudo) muito desta cidade. E agora que escrevo estas memórias já estou cheia de saudade.



Não tínhamos feito planos para jantar. Pelo menos não atempadamente. E no final da tarde já estavam os restaurantes quase todos cheios ou com menus extravagantes (e caríssimos). Confesso que também não estávamos com muita vontade de nos meter na confusão e por isso — tivemos uma sorte danada, que o Pingo Doce da Cedofeita ainda estava aberto — acabámos por jantar em casa. Naquela nossa casa, fora de casa.

(instagram @saracabido)

Alguns aperitivos, uma tábua de queijo e enchidos, um patê de azeitona, tostinhas, fruta fresca e um bom vinho, entre uma ou outra entrada. Foi este o nosso menu de final de ano e não podia ter sido melhor. Média luz, música a tocar e uma casa aquecida (e cheia de amor).


Não levei máquina para os Aliados — o ano passado a minha Nikon foi benzida com o champanhe das milhares garrafas que estavam à nossa volta — por isso registei o momento com o Iphone e partilhei-o em directo no snapchat (podem acompanhar-me em sarasacabido). Encontrámo-nos com os amigos da Mercearia das Flores e assistimos ao fantástico fogo-de-artifício com mais de 15 minutos. Eu e o Miguel começámos o ano como manda a tradição: um beijo, as doce passas e champanhe na mão. 

Para o ano ha mais. Tem de haver. Afinal, um dos meus desejos e ambições para 2016 é voltar mais vezes ao Porto. Esperamos que tenham gostado desta semana especialmente dedicada à cidade do Porto. Agora vamos falar de outras coisas; as coisas do costume. E depois trazemos Dublin até vocês. Ou levamo-vos connosco até Dublin. Ansiosos?

6 comentários

  1. Eu ADOREI estes posts! Conseguiste mostrar o meu Porto de uma forma fenomenal! ♥
    http://keepcalmandshopvintage.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Que fotos fantásticas e que saudades de vir aqui!
    O Porto é realmente uma cidade fantástica, até eu que sou do Porto estou sempre a descobrir sítios novos é impossível cansar-me desta cidade.
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  3. Estas fotos estão tão maravilhosas! Acho que ia adorar conhecer o mundo inteiro só através das tuas lentes. Fazem tudo parecer inúmeras vezes mais bonito.

    Marta Rodrigues, Majestic

    ResponderEliminar
  4. sabes mesmo captar o encanto do Porto :) fotos lindas!

    ResponderEliminar
  5. Que série de posts mágicos - e que inveja do teu último jantar de 2015. Haja amor, e temos tudo o que é preciso. Muito amor <3

    Jiji

    ResponderEliminar
  6. Estamos a planear uma visita ao Porto para este fim-de-semana, por isso estes teus artigos vão dar um jeitão, eheheh. Obrigada =)

    Meio Cheio

    ResponderEliminar