Social icons

das despedidas

30 dezembro 2015

E das memórias perdidas. O ano que passou, passou depressa demais. Passou num abrir e piscar de olhos, entre um sorriso e um desabafo. Passou contornando obstáculos, que foram vários. Foi um ano agridoce. Talvez demasiado agri. Mas ainda assim doce pelas viagens que fiz, pelos momentos que coleccionei, pelas gargalhadas que dei. Foi um ano mágico, que me trouxe novas amizades, novos desafios, outras vontades. 

Hoje escrevemos, em jeito de desabafo, os marcos importantes de 2015 e relembramos os 365 dias desta história — que parece ter começado ontem.



Dois mil e quinze; começaste muito bem. Levaste-nos ao Porto e tu sabes que adoramos esta cidade. Não podias ter começado melhor...



Mas logo no início de Janeiro pregaste-nos um valente susto. Fizeste com que a minha irmã fosse operada de urgência — e isso não se faz. Ainda bem que foi mais um grande susto do que outra coisa, que ela agora está linda e maravilhosa, como sempre.



Fora isso, deste-nos a conhecer imensos sítios giros e cool spots na cidade e todos os meses era uma aventura, descobrir mais um lugar novo...não foste nada monótono neste aspecto!


O Dia dos Namorados foi muito bem passado. Pelo menos, muito bem apaixonado. Foi em Fevereiro que também viste em blog completar três anos de existência.



Em Fevereiro levaste-nos, aos dois, até Londres. Esta era uma viagem tão ansiada que não podia ter sido em melhor altura. E é uma das memórias mais perfeitas até agora. Correu tudo lindamente e foi a nossa primeira viagem grande assim, juntos.



E foi em Fevereiro que tornaste a minha melhor amiga uma Mestre Arquitonta. Well done, Joana!

Em Março levaste-nos a passear por Sintra, um dos nosso sítios de eleição, e recebeste a festa do 20º aniversário da minha irmã — uma festa linda!

Veio a Páscoa. Que podia ter sido muito doce...não recebêssemos nós uma notícia tão amarga, que ainda estamos a processar, cuja questão está ainda por solucionar. Ainda estamos melindrados, meio atordoados, e receamos o ano que chega. Mas tivemos que seguir em frente...



Os Santos Populares foram muito bem aproveitados, entre sardinhas assadas, brindes e manjericos, estavam lá os de sempre e foi bailando, bailando que recebemos os dias de verão.



Chegou o final de Junho e com ele viste acontecer uma surpresa muito especial, pelo aniversário dele. Fizemos as malas, outra vez, e voámos até São Miguel, Açores. E foi ão bonito, tão especial, tão único.



O regresso a casa fez-se saudoso mas esperançoso: afinal, o verão estava agora a aquecer e tínhamos o Sumol Summer Fest de braços abertos para nos receber, como já vem sido tradição.

A saga festivaleira iria continuar, e num abrir e fechar de olhos levaste-me até ao NOS Alive — que marcava também o início do projecto Gosh.



Logo, logo a seguir, para que a emoção não esquentasse, trouxeste-me a maravilhosa oportunidade de ser oradora do Blogger Camp, que ficou com um bocadinho do meu coração.



Viste-me crescer enquanto profissional e desafiaste-me os nervos com a realização do Street Fest Estoril.



Trouxeste-nos o aconchego da tradição de verão e levaste-nos até ao Algarve. O mesmo caminho, a mesma casa, a mesma rotina, os mesmos de sempre. E é sempre perfeito.

Fizeste-me mais velha um ano e os 24 trouxeram a melhor surpresa que alguma vez poderia ter imaginado: trouxeste todos os que amo e puseste-os ali, ao meu lado. Nunca me hei-de esquecer do quão grata fiquei.


Depois veio Tavira. E não há palavras para descrever o quanto gosto daquela terra e daqueles dias lá, com ele.



O regresso à rotina, em Setembro, fez-se cheio de entusiasmo e de malas feitas rumávamos agora até Paris, a cidade do amor. Desta vez fomos os quatro e fomos tão felizes lá.



Voltámos e a rotina acabou por tomar um pouco conta de nós. Mas tu deste-nos momentos gostosos, passados em família, no Alentejo — o meu adorado paraíso — onde pudemos descansar, saborear o melhor lado da vida.



Fizeste-me aprimorar no Instagram e tem sido uma alegria vê-lo ganhar forma. Num abrir e fechar de olhos, lá nos empurraste de novo para o aeroporto e fui com a minha Joaninha até Dublin. Nunca pensei, mas perdi-me de amores pela cidade e só quero lá voltar!



Depois de mais projectos, novos trabalhos, outros contactos e muitas horas de inspiração, trouxeste-nos mais um Natal. Este foi, provavelmente, o mais especial. Tem um sabor diferente, já com um laivo de saudade. Este foi o Natal mais bonito cá em casa, a nossa casa.




Hoje cá estamos. No Porto. Outra vez. Se começámos bem só podemos acabar melhor. Temos muita esperança e elevadas expectativas que o teu sucessor seja mais simpático mas igualmente generoso. 

E por isso dizemos-te adeus, 2015.

Acompanhem as nossas aventuras pelo instagram, que até ao final do ano muitas coisas bonitas irão ser partilhadas!

10 comentários

  1. Incrível retrospetiva, Sara. O teu snapchat é provavelmente um dos meus preferidos. Mostras as coisas de uma forma bonita e natural. As tuas fotos no instagram são arte. E vir aqui ao LTP é ganhar vida :)

    Percebi que passaste por muito este ano. Espero que o ano que vem te traga memórias mais limpas e bonitas e muuuuita paz interior. Um beijinho

    ResponderEliminar
  2. Adorei este post, fotografias lindas. Espero que o ano de 2016 seja mais doce do que agri :)
    xoxo, S
    Sara in LDN
    Follow on bloglovin & I will follow back!

    ResponderEliminar
  3. Que retrospectiva tão bonita e completa, Sara! Fiquei encantada :)

    ResponderEliminar
  4. Pelas fotos, pareces ter tido um 2015 de sonho! Ganhaste uma nova seguidora :)

    ResponderEliminar
  5. Tanta fotografia bonita - e até tens umas boas memórias pelo caminho! Esperança em 2016, é o que se quer. Bom Ano Novo, Sarinha! E que continues a ser uma inspiração!

    Jiji

    ResponderEliminar
  6. Votos de bom ano, felicidades, boas histórias para contar e fotografias para mostrar!

    Rui

    ResponderEliminar
  7. São 365 dias! :p não 356! Um bom ano!

    ResponderEliminar
  8. Que belo resumo do ano que passou! Tiveste um ano cheio e que tive o prazer de acompanhar pelo teu blog e insta. Ainda tenho alguns posts por ler, principalmente das tuas últimas viagens :) As tuas fotos e textos são sempre inspiradores! Continua com esta motivação e força.

    ResponderEliminar
  9. quanta coisa bacana :) que 2016 seja ainda melhor :*

    ResponderEliminar