Social icons

conversas de almofada #2

09 dezembro 2015

Mudar a sala em dois minutos? Sim, é possível. Ou melhor, é quase possível. Na verdade, à semelhança do  último artigo partilhado desta série, basta apenas um ou outro apontamento novo que vai fazer — de certo! — toda a diferença, em qualquer ambiente. 

Na primeira conversa de almofadas, trouxemos o calor do inverno, o sentido da decoração nórdica e servimos um pequeno-almoço na cama. Agora, procuramos partilhar com vocês como é que uma manta e algumas almofadas podem trazer uma nova vida à vossa sala, especialmente agora, no Natal.



Por vezes a disponibilidade não acompanha a vontade e se são como eu, quase de certeza que gostam de variar na decoração da casa de quando em vez (ou quase sempre). Mas se não podemos trocar de cortinados todos os meses nem de sofá todos os anos, a solução passa por encontrar ideias fáceis, rápidas e económicas para trazer um toque de cor ao nosso lar. Uma manta, umas almofadas, uma pitada de magia e...voilà!



demos as boas-vindas a Dezembro e começamos a suspirar pelo Natal, pela família reunida, pela mesa cheia. A árvore de Natal marca o início desta quadra que nos aquece os corações e promete alegrar os dias vindouros.

Este ano, para variar, encontrei na IKEA este pequeno pinheiro artificial (12,99€), coloquei-o num porta-velas (2,50€ — vejam bem o quão adaptável este pode ser!) que serviu de vaso e conjuguei-o com adornos vermelhos, para dar aquele toque natalício que tanto gosto.


Depois de começar a enfeitar a casa apercebi-me que aquele sofá branco precisava de algo mais. Como associo o vermelho ao Natal e para dar um toque diferente à sala, optei por comprar uma manta polar, bem quentinha e confortável (3,99€), nesse tom. A sala ganhou logo outra dimensão e convida agora a uns serões alongados e bem passados.


Aproveitando as novidades nas almofadas IKEA, resolvi trazer estes dois modelos da colecção ISGATA, de inspiração escandinava, em tom cinza, para complementar o meu novo sofá. Porque é mesmo essa a sensação com que ficamos, uma manta e duas almofadas depois: parece que temos um sofá novo!



Adoro conjugar branco, cinza e vermelho. É um trio perfeito e, na minha opinião, não podia ser mais apropriado para esta época. Gosto de variedade, de espontaneidade e de misturar formas e feitios. Esta colecção oferece-me tudo isso.


Para trazer aquela magia do Natal, encontrei neste candeeiro (de tecto, mas ninguém diria que ficavam tão bem no chão!) a luz perfeita para tornar o ambiente ainda mais aconchegante. São em forma de estrela e deixam passar uma luz maravilhosa, que reflecte os desenhos recortados na estrutura.



E assim, tão simplesmente, se consegue dar uma nova vida à sala de sempre. Uma manta polar vermelha, duas almofadas bem originais e únicas e um candeeiro em forma de estrela. São pequenos gestos que fazem grandes mudanças e esta é a segunda sugestão para tornar este Natal ainda mais especial. 

Na próxima conversa de almofadas traremos o último cenário com as almofadas mais giras de sempre.

Enviar um comentário