Social icons

Copenhagen Coffee Lab

28 outubro 2015

De rua em rua — para a Rua Nova da Piedade. Já ali, perto da Praça das Flores, podemos encontrar um recanto cheio de encanto, com cheiro a café e coisas boas. É um espaço minimalista, bem iluminado, com grandes vãos e apontamentos bonitos na decoração. O Copenhagen Coffee Lab já nos era familiar na sua vertente ambulante, quando circulava pelos street food fests e já nos havia deliciado com o seu café saboroso. Agora que se estabilizou no Príncipe Real, conquistou-nos pelo espaço, pelo atendimento e pela sua mítica envolvente. Já conhecem este café?


Andava a namorar esta visita há muito tempo. O espaço foi inaugurado em Março de 2015 e desde então que ansiava por um passeio em Lisboa, com ela, como este aqui. Não deixámos escapar a oportunidade de uma tarde mais folgada e resolvemos ir almoçar ao Príncipe Real. Como não poderia deixar de ser, a visita ao Copenhagen Coffee Lab foi imperativa.


Não é um espaço muito grande, mas é arejado, iluminado e muito aconchegado. À entrada deparamo-nos logo com um balcão corrido e uma mesa ampla. Percebemos de imediato que este é um espaço altamente cobiçado para trabalhar ou estudar. A música tranquila dá um óptimo ambiente e a sua imagem simples, com nuances nórdicas, é tranquilizadora.


Uma curiosidade engraçada: acabámos por nos reunir com um colega meu, de curso, que está a desenvolver o seu projecto final no Copenhagen Coffee Lab. Envolveu-se de tal forma que a sua aprendizagem foi muito além do design. Acreditem, meninas, um designer consegue surpreender-vos sempre; até a fazer um belo cappuccino (força, António!).


Em jeito de resumo, o Copenhagen Coffee Lab assume-se como um novo conceito de café, trazido por três amigas directamente da Dinamarca. Agora que se edificaram no nº10 da Rua Nova da Piedade, fazem desta coffee shoponde servem uma grande variedade de cafés, o seu laboratório e usam a sua Piaggio para levar o melhor café pelas ruas da cidade e em eventos vários.


Provámos os cappuccinos mas ficámos desejosas de voltar lá para experimentar o pequeno-almoço. Tinha tudo tão bom aspecto. Pratos coloridos, cheirosos, vistosos e certamente muito saudáveis. Os cappuccinnos eram óptimos e (até custa a crer!) bebi o meu sem açúcar. Armei-me em purista e confesso que não me fez falta nenhuma, a colherzinha habitual de açúcar a que estou acostumada.



Para os apaixonados por café, manhãs tranquilas, serões com livros, trabalhos inspirados ou fotografias bonitas, este espaço é a vossa cara. Se gostam de partilhar no Instagram então é uma delícia. Todos os produtos têm imensa apresentação e até dá pena beber o cappuccino, com o medo de estragar o desenho.


Mas nem só de café vive uma coffee shop assim. Podem provar os chás da casa ou o chocolate quente, sumos naturais, para além de todas as bebidas e combinações de café — obviamente. Têm ainda uma oferta generosa para o pequeno-almoço, desde pão variado, iogurtes e bolos — o pequeno-almoço completo (pão com manteiga e compota, iogurte com muesli e mel, mais o café) fica por 5€. Óptimo! Também têm sugestões diárias para o almoço, com pratos desde 4,5€.


Verdade seja dita que a estrela da casa é mesmo o café. Nas suas várias formas e feitios, seja de filtro ou expresso, existe mais de uma dezena de alternativas na ardósia da loja. Difícil vai ser escolher. Por isso o melhor mesmo é reservar vários serões ou manhãs madrugadoras para poder experimentar toda a oferta. 


No Copenhagen Coffee Lab serve-se café. Um dos melhores que já bebi. Mas acima disso — acima de tudo — o Copenhagen Coffee Lab serve-nos uma experiência. Envolve-nos num ritual intenso, ancestral, trazido directamente do norte da Europa. E apesar de nos presentear com café, o Copenhagen Coffee Lab oferece-nos calma. Toda a calma necessária para degustar a nossa bebida, na companhia dele, dela, dos amigos ou simplesmente de um bom livro. Aqui o pedido mantém-se simples: um café e um amor quentes, por favor

R. Nova da Piedade 10, 1200-298 Lisboa
Segunda a Sexta 08h às 18h
Sábado e Domingo 10h às 18h

9 comentários

  1. Que bom aspecto! Desde o espaço ao café, parece estar tudo tão bem pensado e harmonioso! Adorei, sem dúvida que vou ter de visitar um dia, não fosse eu uma amante de café.

    Marta Rodrigues, Majestic

    ResponderEliminar
  2. Vi a foto no teu instagram e vim a correr espreitar o post. Que sítio fantástico, Sara. Quando for a Lisboa vou, com toda a certeza, visitar. É mesmo amoroso e inspirados.

    www.letirose.com

    ResponderEliminar
  3. Uau, que fotografias lindas! E moro mesmo aí ao pé - vou ter que ir dar uma espreitadela este fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  4. Tenho que lá dar um saltinho. Obrigada pela tua recomendação...
    r: Eu tenho achado menos piada ao snapchat, por me ter começado a centrar mais noutras redes sociais, e porque, para mim, como já não é novidade, acabo por me fartar, mas é algo puramente pessoal. Como está a ser a tua experiência por lá? :)

    ResponderEliminar
  5. Que saudades de cafés, assim, de locais bonitos assim!
    Minimalistas, brancos e com café moído na hora.
    :)

    ResponderEliminar
  6. Dás sempre a conhecer os sítios mais bonitos, Sara, e as tuas fotos são sempre hipnotizantes.
    O Copenhagen também está na minha lista de próximas descobertas em Lisboa, principalmente agora que tenho um grupo de escrita para o qual organizado encontros em cafés bonitos da cidade. Acho que será o local perfeito para um dos próximos encontros! :)

    Joan of July

    ResponderEliminar
  7. que lugar charmoso ♥ fiquei querendo passar algumas hora por aí

    ResponderEliminar
  8. o espaço é lindo, mas não gostei mesmo nada do sabor do café. ao contrário de ti, tive de por açúcar, coisa que nunca faço. mas quero lá voltar para os redimir.
    as fotos estão fantásticas! onde as trabalhas?

    beijinho,
    Moi—byInês

    ResponderEliminar