Social icons

vamos a londres #2

17 fevereiro 2015

O que ver, o que fazer e como o planear? O artigo de hoje irá focar-se na segunda parte do planeamento da nossa viagem. Depois de acertados os horários do voo, comprado os transfers até à cidade e reservado o hotel, está na hora de planear a nossa viagem. O que ver, o que fazer, onde ir, onde comer? Para isso, contamos partilhar convosco quais as nossas motivações e reflexões que guiaram as nossas escolhas. 

Estaremos por lá 4 dias e sabemos que não é muito. Resta-nos organizar muito bem as actividades para cada dia e para isso contamos com a ajuda de alguns livros-guia, de imensos (imensoooos!) sites, blogs e aplicações. E queremos partilhar a nossa fonte de informação com vocês, na esperança que vos seja útil. 



o que ver e o que fazer?
O nosso guia de viagem, que também fez parte da prenda de natal, é o Citypack Londres (à venda por 13,30€ na Fnac). É a edição de 2014, por isso tem o Top25 a visitar e experimentar muito actualizado, com preços, horários e indicações de transportes muito acertadas. Vem recheado de dicas e conselhos bastante úteis. Mas (e, lá está, há sempre um mas) é um cuia turístico. E nós queremos ir um bocadinho mais longe do que o cliché do turista — se bem que, com tão pouco tempo de viagem, todos os clichés são bem vindos! 

A nossa prioridade era então fazer a gestão das actividades pelos 4 dias que vamos estar em Londres.


como planear?
Com a ajuda do guia turístico, fizemos uma listagem (e filtragem) dos monumentos, museus e pontos turísticos que queríamos mesmo visitar. Pegámos num bloquinho e anotámos tudo. Depois, fomos confirmar os horários e os preços. Constatámos, para grande felicidade, que há muitos museus em Londres que são de entrada gratuita. 

Depois dessas anotações, começámos então a organizar as nossas actividades por dia. Por exemplo, para o primeiro dia resolvemos deixar os museus que estão mais ou menos perto do hotel. Para o segundo dia esperamos passear por Victoria, pelo Palácio de Buckingham, Westminster Abbey, Houses of Parliament, etc. Confesso que não sei até que ponto conseguiremos cumprir esta agenda — não sei ao certo quanto tempo temos que dispensar para cada ponto — mas este segundo dia será, de longe, o mais turístico. No terceiro dia gostávamos de ir a Camden Town, ao British Museum, jantar ao Jamie's Dinner, quem sabe ir a um Musical. No quarto e último dia, pensámos dar um pulinho a Notting Hill, ir ao Monocle Café, uma coisa calma e descontraída, para absorver o restinho da atmosfera britânica. Tentámos ao máximo dividir os pontos de interesse por zonas e dias, para não perdermos muito tempo em transportes. Queremos fazer o máximo a pé.


os melhores sites e blogs
Alguns sites que depois nos serviram (e muito!) para nos ajudar a perceber melhor a cidade (onde ir, o que fazer, onde comer, o que não perder, como andar em Londres e como poupar!) foram essenciais e melhores que muitos guias. Deixo-vos aqui alguns: Londres Para Principiantes, Mapa de Londres, London For Free, Londonist, Visit London, Time Out London, The London Foodie, Eating&Drinking in London, London What's On, I Know This Little Great Place in London.

as apps
Para além da consulta regular de sites e blogs, encontrámos imensas aplicações que nos ajudaram a planear a viagem (e contamos que nos ajudem lá na cidade). São as últimas instaladas, são de instalação gratuita e são muito úteis: 


A aplicação AirBnb foi instalada logo quando começámos a procurar alojamento. É uma aplicação bonita e bem desenhada e, apesar de não termos conseguido arranjar nada do nosso agrado desta vez, conto usá-la nas próximas viagens. London Travel Guide é uma  aplicação muito bem feita, muito bem pensada e completa — desde que se pague alguns extras, como mapas, por exemplo. Ainda assim, tem a descrição dos principais pontos turísticos, com fotografias lindas e muitas dicas. Também há o London Official Guide, do mesmo género. A Time Out London é imprescindível para estarmos a par das novidades da cidade, semana a semana. A Tube Map é uma aplicação do metro de Londres, que facilita (e muito!) a deslocação na cidade, sobretudo para principiantes como nós. A CityHawk e a Zomato (que também opera em Londres, yey!) são food guides da cidade e é óptimo poder dar um olhinho naquilo que há disponível, até para ter uma nocção dos preços. Por último instalámos a app da RyanAir, para que possamos controlar os dados dos nossos bilhetes, o voo e fazer o check in online.

Sei bem que em quatro dias é impossível ver tudo o que queríamos mas é por isso mesmo que vos peço agora, que ainda vou a tempo, algumas dicas e sugestões; sítios que temos mesmo que ver, o que não podemos perder, sítios para comer (...) tudo serve de inspiração e os vossos conselhos serão preciosos, deixando-nos muito gratos! 

Esperamos que guardem estas dicas com carinho e que estas vos sejam úteis no futuro.


11 comentários

  1. Honestamente não consigo planear viagens desta forma (e sinto que me estou a repetir nos comentários que te faço). Sei o que quero visitar quando a hora se aproxima mas defendo que, de férias, não há horários ou obrigações e por isso gosto mais da ideia de ir visitando conforme nos vai apetecendo e consoante os factores externos (como o tempo, por exemplo) sem dramas :)
    Nesse sentido, quando estávamos em Londres definíamos à noite do dia anterior onde iríamos no dia a seguir (ou ao pequeno almoço do próprio dia) consoante o clima, a nossa vontade... Londres tem muito para ver e é impossível ver tudo mesmo que lá vás estejas duas semanas portanto, mesmo que não vás a X museu ou Y monumento nunca ficas a perder pois usarás esse tempo noutro local igualmente giro :) Espero que se divirtam muito!
    Recomendo uma paragem em Camden (com direito a Ben's Cookies) :) Já escrevi sobre isso no meu blogue, se quiseres ver :) E claro, se forem fãs do Harry Potter, King's Cross e St. Pancras :)

    ResponderEliminar
  2. Bom post!
    Para mais informações, deixo os link dos meus posts de Londres, em 3 dias e espero que ajudem :D :
    Dia 1 | Dia 2 | Dia 3

    Beijinhos

    viagemdoceviagem.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Também espero ir a Londres este ano!! :) Aproveita muito!

    ResponderEliminar
  4. Tens de sacar a Citymapper, alem do metro, tambem diz autocarros e etc. Eu uso quase diariamente!

    ResponderEliminar
  5. Boa sorte e aproveita ao máximo, :)

    Another Lovely Blog! - http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Bom post! :) Aconselho vivamente irem a um musical se forem fãs, vale imensa a pena! Eu na altura fui ver o Fantasma da Ópera e adorei!! :)
    Aproveitem bem a estadia e acima de tudo desfrutem dos sitios e não se prendam muito com horários. Na minha opinião mais vale ver e desfrutar de um sitio do que estar a correr para ver todos :)

    ResponderEliminar
  7. Eu sou sempre mais ou menos como tu, dá-me imenso prazer planear as viagens e pode soar um pouco demasiado, mas gosto de planear ao dia, incluindo almoços, jantares e locais de lanches. Sempre que fiz isto resultou e quando não o fiz correu muito mal, portanto irei sempre fazê-lo. Acho que não há grandes conselhos a dar em relação a Londres, quando já há e tens tanta informação. Vai a camden e come por lá, prova um pouco de tudo o que te oferecem, porque é uma experiência única. Aproveita os museus grátis, como o de história natural, que vale realmente a pena. Vê os mercados, principalmente na zona de Nothing Hill, que é sempre giro :)

    ResponderEliminar
  8. Olá Sarita! Fomos à Londres 2x e quero ir a 3ª este ano porque adoro! Os museus de história natural, Albert & Victoria, de Ciência, a Escola de Londres, a Escola de Música e o Royal Albert Hall ficam todos no mesmo quarteirão e então, é em South kensington, vai metro e sai nesta estação, ao sair vais ver várias barracas para comer, andas um pouco e vais encontrar os museus que são grátis, acho que todos. Se andares por aí à pé, acho que até encontra o Harrods e outros museus, como o do automóvel.

    O palácio, a estação victoria, o Green Garden, a Trafalgar Square e o museu britânico ficam mesmo juntos, o Hyde Park fica perto também e dá para fazer a pé mas, vai ficar mesmo cansada por isso leve um bom par de tênis.
    Um ponto turistico incrível para quem gosta de fotografar como você é a london Eye, de lá conseguirá ter uma noção da cidade e capturar lindas imagens. Se estiver sol, o ideal é mesmo na altura do por do sol para ter a melhor luz. Aí a volta verá, o Parlamento, a Basílica onde casou a Katy e o William que agora não lembro o nome, e do mesmo lado da roda gigante tem o Museu de arte Moderna e na lateral do rio tâmisa existe um passadisso desde a Ponte das Torres de Londres até a roda gigante, o que dá também para ver algumas galerias, o museu de Shakespeare e aí nesta zona também tem aos domingos, não sei se todos, o Borough Market ( que é um mercado de comida, que adorei conhecer e lá comece-se mesmo bem ) é pela manhã e normalmente no mesmo dia, tem outros mercados do mesmo tipo perto da London Eye. Dá uma olhadinha nos calendários. Se puder fazer o passeio de Bus, é muito bom porque além de ver os pontos turisticos todos ainda ganha o bilhete de barco que poderá fazer então a visita guiada desde o rio e é muito interessante.
    Nothing Hill tem a melhor atmosfera que já vi na vida, adorei! Muita coisa boa para ver, muita comida, muita gente fixe, é muito interessante! Vale a pena! Sinto saudades de lá e alguma pena porque em uma das galerias compramos uma tela pintada por alunos da escola de arte e no regresso o marido esqueceu-se dela dentro do metro. :( Fiquei mesmo triste! Mas, será um dos motivos que me fará voltar a Londres :) de propósito!

    Boa viagem aos dois!! Espero que aproveitem tudo!! Vão adorar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ia dizer parte do que disse a Clênia aqui em cima. Não sei se os museus de história natural, Albert & Victoria e o de Ciência são aqueles que referes perto do hotel, mas acho importante visitares. E depois, lá está, a Trafalgar Square e a Picadilly Circus (onde podes ir à M&M's World e se andares um bocadinho podes ainda ir à Hamleys Toy Store que é uma das maiores lojas do mundo de brinquedos e, a sério, vale bem a pena lá ir).

      Espero que se divirtam! Londres é, para mim, uma cidade maravilhosa e senti-me segura e em casa. Boa viagem!

      Ju
      corsemfim.blogspot.pt

      Eliminar
  9. Também estive em Londres quatro dias no passado verão e adorei. Para quem quiser ver o Buckingam Palace por dentro é bom que esteja a contar com um bom par de horas para gastar. Não recomendo o zoo, porque o de Lisboa tem muito mais diversidade, mas o Regent Park, onde se situa, é muito giro, sobretudo porque andam esquilos à solta. Recomendo quase todos os museus gratuitos, mas é impossível ver mais de um terço do seu interior, porque são mesmo muito grandes, sobretudo o de história e ciência natural. Enfim, há tanto para ver que eu passava o tempo todo aqui a enumerar. De qualquer forma, boa viagem :)

    ResponderEliminar
  10. Eu sou tipo "a" maníaca da organização de viagens hahaha! Planeio tudo ao pormenor porque, normalmente, o tempo é curto para tanta coisa que quero ver e fazer. Faço uma tabela (sim, em excel :P) com os afazeres de cada dia. Mas eu sei que as coisas nem sempre correm como planeado e, por isso, percebo que tenho de dar espaço para a vida acontecer. Caso não faça o que tinha pensado fazer, não levo isso demasiado a sério. Continuo a viagem na boa, a passear e tento voltar ao plano inicial quando e se poder.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar