Social icons

Colares Velho

05 julho 2014

Um recanto cheio de encanto, escondido em Sintra. Numa estrada estreita, emoldurada com densas verduras, e outras quantas formosuras, a caminho de Colares, há um pequeno largo numa subida guardado, ao pé da Igreja, repleto de secretos amores.


A partilha deste jantar traz-me saudades. E com elas, um sorriso largo no rosto. E acredito que traga, também, um brilho imenso no olhar. São registos da noite que já por aqui publiquei. São memórias de um serão muito agradável, acima de tudo delicioso, na melhor companhia. Colares Velho. É a minha pérola preferida, perdida em Sintra.


Sabia, desde o primeiro momento — e mesmo antes de antecipar a surpresa que lhe iria preparar — que o tinha que levar ali a jantar. Eu já conhecia o restaurante e, sobretudo, conhecia muito bem o Magrêt de Pato. O melhor que alguma vez já provei. Ficou também, dessa primeira experiência, a promessa de regressar ao Colares Velho para provar os Filetes de Polvo. Assim foi. Recebidos com toda a cordialidade, fomos encaminhados para um mesa junto à janela, de onde se conseguia ver o restaurante todo, observar o seu encanto, todos os pormenores.


Para iniciar a nossa refeição, optámos por uma entradinha de Croquetes de Alheira com Molho Tártaro. Deliciosos, muito bem fritos, com uma textura crocante e um equilíbrio muito saboroso entre o sabor intenso da alheira e a frescura do tártaro. Para acompanhar, o tinto de Colares que é, na verdade, uma autêntica surpresa. Um vinho aveludado, frutado e muito delicioso.


Seguiram-se os pratos principais; para ele, já que adora!, o Magrêt de Pato com Molho de Colares, Batatas Gratinas e Pêra Bêbada. Uma fusão de sabores e texturas perfeita e o molho, oh senhores!, o molho (...) Um dos meus pratos de pato favoritos. E eu nem sou muito de pato! Para mim, os prometidos Filetes de Polvo da Costa, com Açorda de Coentros. Um prato leve, assim o julgava, mas que acabou por ser uma dose um pouco grande para mim, sobretudo para o jantar. Ainda assim, não fugiu às minhas expectativas. O polvo era muito tenro, com uma polme muito bem temperada, bem ao gosto português. E assim era também a açorda, que eu adoro!


A sobremesa havia sido escolhida logo no início da refeição: um Soufflé de Chocolate, que nos veio fazer as delícias do terminar de um jantar maravilhoso. Uma óptima viragem de página, que encerrava o capítulo dos vinte e dois anos do meu M.


Partimos de alma cheia, de mãos dadas e umas quantas gargalhas. Mas não sem antes registar mais alguns detalhes daquele espaço tão bonito, que é o Colares Velho. Haveremos de voltar, a um Domingo, quiçá? Ouvi dizer que têm um brunch maravilhoso, na Sala do Chá.


O after dinner fez-se um pouco mais na Serra, na Casa do Fauno. Um Pub Medieval único. Deixo-vos com alguns detalhes, na esperança de lá regressar, para conseguir poder captar mais alguns registos do espaço. O hidromel de cereja é uma perdição!


Sintra tem sempre algo de mágico, algo novo para explorar. Espero que tenham gostado das sugestões de hoje. Um brunch para amanhã, no Colares Velho, ou uma experiência nova, num Pub Medieval, perdido nos encantos da serra.

Colares Velho
Largo da Igreja, Colares, Sintra
Telefone 21 9292727
todos os dias das 10h às 23h

10 comentários

  1. Mais um lugar maravilhoso!
    Adorei o pormenor dos relógios :)

    365 Days of Blues

    ResponderEliminar
  2. Encontras sempre tantos sítios giros que eu só fico com pena de serem tão longe :(

    ResponderEliminar
  3. Que lindas fotografias, e que belas sugestões :)

    Bom final de semana!

    ResponderEliminar
  4. É um sítio maravilhoso que não dispenso quando passo um dia em Sintra. Sou fã acérrima do salão de chá e vou, decididamente, passar por lá num domingo de manhã para provar o tal brunch! :)

    kiss*

    ResponderEliminar
  5. Há anos que tenho muita vontade de ir aá Casa do Fauno - medievalismos são comigo mesma, não tivesse eu passado a lua de mel numa vila medieval... - mas com um filhote pequeno é dificil. Já o restaurante, que espaço lindo, lindo. Mas o meu magret de pato não anda atrás desse, tenho a certeza ;) brincadeirinha!!!
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Gostei bastante do que nos mostras do espaço, Sara. Encantador e convidativo! Além do tremendo bom aspecto de toda a ementa!
    Adoro estas sugestões e olha que vou anotando algumas. Ainda há dias me lembrei do teu blog aquando da escolha de uma hamburqueria, pela tua Rota dos Hambúrgueres. :)

    Um beijinho,
    Sofia
    Blog: Frames and High Heels

    ResponderEliminar
  7. Já tinha ouvido falar deste restaurante, mas depois de ver estas tuas (sempre magnificas) fotos, fiquei ainda com mais vontade de ir lá. A decoração e o ambiente parece perfeito para um jantar mais calmo e romântico, e a comida (esse magret de pato..hummm) parece deliciosa :)
    Parabéns mais uma vez pelo excelente trabalho ;)
    ____________________
    aculpaedasbolachas.com

    ResponderEliminar
  8. Que lugar maravilhoso...
    Fiquei fascinada.

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  9. Meu deus, que bom aspecto esse menu!!! E o espaço deslumbrante a super acolhedor! Estou sempre a apaixonar-me por Sintra sempre que venho aqui! Tenho MESMO MESMO de ir ai.

    ResponderEliminar
  10. Beeeem... ADOREI o nome!!! E o espaço parece fantastico! <3

    Um beijinho,
    http://ivaniasmode.com/category/blog/

    ResponderEliminar