Social icons

Park

09 maio 2014

É o melhor segredo de Lisboa. Escondido entre verdes folhagens e eternas paisagens. Onde o horizonte se veste em tons nunca vistos e a música se funde com o cantar das gaivotas que, ao longe, salpicam o céu de fim de tarde. É a brisa que corre, que nos arrepia, que nos faz sentir o pulsar da cidade lá em baixo. 


Acima de tudo, é o sentirmo-nos senhores de Lisboa, que é a nossa menina. E é o conseguirmos absorver tudo o que de melhor esta cidade nos dá. Tudo isto acompanhado com um mojito* gelado, a ver o pôr-do-sol, com ele.


Situado em pleno Bairro Alto, o Park é, per se, único na cidade, sendo o primeiro jardim suspenso em Lisboa. Fica num sétimo andar, no topo de um parque de estacionamento na Calçada do Combro; o que é óptimo!, visto que se pode estacionar o carro — literalmente — à porta do estabelecimento. É então de calcular que a esplanada, virada a sul, tem uma vista deslumbrante sobre o Tejo e asseguro-vos que tem um dos melhores finais de tardes da capital (mesmo assumindo que a tarde no dia da nossa visita não estava muito de feição com os padrões primaveris que se supõe).


Não foi a primeira vez que lá fomos. Aliás!, estamos quase todos os finais de semana por lá. Acontece que, de noite, se torna muito difícil de fotografar o espaço sem importunar os clientes. Está quase sempre cheio, com pessoas sentadas, a conversar, de pé, a dançar, de copo na mão e gargalhadas sonoras. O ambiente é óptimo, confesso. Mas é tão difícil de fotografar (...) então resolvemos, naquela tarde, ir experimentar jantar por lá. Uma vez que o Park é — essencialmente — um ponto de encontro para um copo after work ou after dinner, no menu só se encontram seis ou sete variações de hamburgueres no prato. Mas são uns "senhores" hamburgueres, com umas batatas deliciosas, que valem por tudo!


A decoração quer-se despretensiosa, muito simples, muito natural. Aliás!, é esse mesmo o conceito do espaço. Um jardim à parte. À parte da cidade agitada, das rotinas desgastantes, do corre-corre diário. No Park, encontramos um refúgio meio rústico, um pouco tosco, tão bom para nos evadirmos para tempos felizes, tempos de descanso. E, ainda assim, com todo o charme desta nossa cidade que é tão bela.  


A noite caiu, sem grandes demoras. Estava uma noite linda, ideal para um serão descansado. Fica aqui então a sugestão, para o vosso final de semana que começa hoje. 
*para quem gosta, claro! E eu adoro!

Park
Calçada do Combro 1200 Lisboa
terça a domingo das 13h00 - 02h00
telefone 215 914 001 

21 comentários

  1. que lugar mágico!!

    xoxo,
    andy

    ResponderEliminar
  2. Sem dúvida um segredo muito bem guardado num local privilegiado!!!
    Adoro lá ir nos fins de tarde...então com o bom tempo ainda se consegue ganhar um mini bronze!!
    Fotos 5* --- <3!!
    Beijinhos

    Beatriz Tempero
    womenshenanigans.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Minhas queridas vocês não podem continuar com isto! A minha lista de lugares a visitar está a aumentar exponencialmente.

    ResponderEliminar
  4. Que imagens lindas...
    Bom fim de semana

    beijinhos,
    http://modaeleganciaestilo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Acreditas que ainda não tive oportunidade de conhecer o Park? Estou desejosa de ir lá há imenso tempo e este post ainda me aguçou mais a curiosidade!

    ResponderEliminar
  6. Parece ser realmente lindo, e as fotos estão fantásticas :D

    ResponderEliminar
  7. Para mim o melhor mesmo, é a vista. Nunca fui comer é certo, mas também porque os preços me parecem muito elevados... :\

    ResponderEliminar
  8. que maquina usas para tirar as fotografias?

    ResponderEliminar
  9. Volto a afirmar aquilo que já disse na outra vez... As tuas capacidades com essa máquina estão cada vez melhores e isso reflete-se a fotografia! Estão espetaculares e é sempre um gosto vir aqui Sarinha, conhecer estes novos espaços através da tua lente :)

    ResponderEliminar
  10. Nunca tinha sequer ouvido falar desse espaço, mas é tão bonito!!! Dá vontade de lá ir numa noite de Verão bem quente.
    http://bloglairdutemps.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. Que vista incrível, parece um local encantados! Fiquei curiosa :)
    Bj*

    365 Days of Blues

    ResponderEliminar
  12. Que espaço fantástico, adorei!
    E os "pratos" são muito originais! lol... e fazem lembrar uma frigideira que a minha avó tinha! ;)

    Isa M., Tic Tac Living

    ResponderEliminar
  13. Adorei as fotografias, e awwwwwww Sara, desculpa ontem não ter estado muito contigo, a minha vergonha faz-me destas coisas! ♥

    ResponderEliminar
  14. esse espaço é absolutamente lindo, daqueles que dá vontade de fugir depois do trabalho :) é dos meus espaços preferidos de todos que tens mostrado (o que não é nada fácil :p). Quem dera que fosse pelo Porto!

    ResponderEliminar
  15. Sempre a descobrir lugares encantadores!
    R.: Oh *.* muito obrigada minha querida! Eu adorei conhecer-te! Estava muito curiosa para te ver uma vez que raramente vemos uma foto tua por aqui, mas rapariga és linda, tens um dos sorrisos mais bonitos que já vi! Espero que numa próxima vez possamos passar mais algum tempo juntas ;)

    xoxo

    ResponderEliminar
  16. maybe we can follow each other? let me know! <3
    Amazing this blog;)
    shootingdiamond.blogspot.com
    See you;)

    ResponderEliminar
  17. :O Esta è a minha reação perante as tuas fotografias dignas de revista, (deixa-me que te diga!).
    Fiquei sem palavras, e ainda estou sem elas!
    Agora sim, percebo o porquê de estares tão apaixonada pela tua Nikkon nova. ♡ Fiquei alguns cinco minutos "vidrada"na primeira fotografia... Muitos parabéns, minha querida Sara. (Agora já posso ir ler o texto ahaha)

    Andreia
    http://pontofinalparagrafos.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  18. estou encantada com este espaço, é incrível!

    ResponderEliminar
  19. Adoro! Vou aí tantas vezes!!!! :)

    ResponderEliminar
  20. Excelentes fotografias, principalmente as noturnas :p

    ResponderEliminar
  21. Que lindoo :) ainda não conheço o Bairro Alto, mas adorava ! *

    ResponderEliminar