Social icons

Details Diary #9

27 junho 2013


Domingo. Partimos hoje. Mas hoje, ainda nos deu muitos pequenos prazeres, através de outras tantas (não tão) pequenas caminhadas. O dia de hoje começou cedo, com um pequeno almoço na Avenida.


Passeámos pelas ruas que tanto gostamos, uma vez mais. E eis que então ela se apresenta. Corremos as ruas, de mapa na mão, íamos perguntando se nos podiam dar uma indicação. "Café Nelma", perguntamos. Estávamos já a desistir, quando no fundo de uma rua escondida o encontramos. Disseram-nos que aqui se comia a melhor francesinha de sempre e resolvemos experimentar. Numa pequena tasquinha - ou tasca - que era mesmo, e era-o assumidamente!, pedimos sem hesitar: eram duas francesinhas, para mais tarde recordar.


Era sem dúvida alguma, a melhor francesinha (de duas!) que alguma vez comi. E ele - mais experiente - aprovou! Fiquei completamente rendida pelo gosto caseiro, o amor com que fora feito. Sim, com amor, que o senhor, de poucos amigos parecia, mas acabou por nos apertar a mão como quem há muito nos conhecia! (havemos de lá voltar...)


Continuamos viagem, sabíamos que estávamos de partida. Mas ainda havia muito para aproveitar, e mal sabíamos nós os sítios maravilhosos que ainda iríamos explorar. Subímos, desta feita, até à Sé.


E sem antes deixar o Porto antigo para trás, tive que voltar à Ribeira registar tudo o que era capaz...


E pronto. Estamos agora prontos para seguir na direcção de um final de passeio. De um passeio perfeito.

Enviar um comentário