Social icons

Last dinner



À mexicana. Abriu-se o apetite com um cocktail de limão, morango, hortelã, cachaça e muito, muito gelo. Para depois petiscar os nachos com molho de queijo e molho de tomate e pimento, caseiros, claro! À carne picada juntou-se pimentos, pimentão, muito alho e chourição. Uns pós aqui e outros ali, o aroma a méxico pairava no ar. Um aroma picante, delicioso! Para terminar, um cremoso, um gostoso (e nada saudável) tiramisú, feito a partir de um simples receita do chefe Avillez.
2 comments

Quero.



Mais dias assim.
3 comments

Details Diary #10



O regresso. Mas não sem antes passar pela Casa da Música, sentir a vida da Avenida, ou a natureza de Serralves. A tarde foi passada com um sol imenso em plano de fundo. De mãos dadas. Bocas doces. E lá fomos.
29 junho 2013 • 0 comments

A Casinha



Boutique Café. E foi por acaso que aqui parámos. Um feliz e inesperado acaso. Primeiro reparei na montra, depois no interior, e não foi preciso mais nada. Fiquei completamente apaixonada. Puxei-o pelo braço, como se fosse uma menina pequena. Deixámos o que tínhamos traçado na rota, pendente e ficámos os dois a observar. E a sorrir. 
27 junho 2013 • 8 comments

Details Diary #9



Domingo. Partimos hoje. Mas hoje, ainda nos deu muitos pequenos prazeres, através de outras tantas (não tão) pequenas caminhadas. O dia de hoje começou cedo, com um pequeno almoço na Avenida.
0 comments

Details Diary #8



E de regresso a casa, o passeio de Sábado revelou-se deliciosamente gastronómico. Provara a minha primeira francesinha, a minha primeira Sovina, e de regresso provara mais duas ou três coisas. Primeira: estou apaixonada por esta cidade. Segunda: Olha! Abriu uma mercearia nova! Terceira: Não podia perder a oportunidade de conhecer o famoso Magestik (e ainda bem que lá fomos: fecha ao Domingo!).
25 junho 2013 • 6 comments

Details Diary #7



Na hora do lanche, pelo Porto...
2 comments

Details Diary #6



E continuamos a descer...
2 comments

Details Diary #5



E amanhece. O primeiro beijo. Primeiro dia de passeio. Com o mapa estudado e o caminho pensado, lá vamos nós.
23 junho 2013 • 0 comments

Details Diary #4



À noite, na cidade. As luzes mudam, a gente muda. Mas continua linda na mesma, esta cidade. Fomos descendo até à Ribeira, depois de jantar. E fui fotografando aquilo que me ia fazendo parar.
09 junho 2013 • 5 comments

Details Diary #3


A taberna do Largo. No fundo da Rua das Flores existe uma taberna. Sem sinal ou aviso. Escondida depois da pedra fria da Igreja da Misericórdia do Porto. Mas passando por lá sentem-se os aromas fumados, de enchidos, queijos e vinho. Sente-se também a frescura da casa, vislumbram-se cores de flores. No fundo da rua há uma taberna. A melhor que já conheci!
1 comments

Details Diary #2



O loft. Quase duas horas à conversa no último andar daquele prédio delicioso que era o nosso, em frente ao Bolhão, com o tão já nosso amigo José, nosso anfitrião. Um senhor que é retrato de tudo aquilo que o Porto foi para mim: simpático, caloroso, familiar, aconchegante e divertido. Para que as palavras não secassem, fomos acompanhando-as com cerveja, fresca, nos ditos flutes de champanhe. Um charme!
08 junho 2013 • 2 comments

Details Diary #1



...and go the Oporto! Faz já uma semana que estava de partida para um fim de semana que viria a ser memorável. O destino era certo: Porto. O motivo era simples: nunca tinha lá ido. Saí mais cedo do emprego, os exames da faculdade estavam controlados. Difícil foi seleccionar o que pôr na mala, para depois seleccionar a dita mala! Estávamos de partida. Eram então 14h, de um dia lindo, de sol, calor, de amor. E lá fomos nós.
07 junho 2013 • 0 comments